FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Chuva irregular é motivo de preocupação para cafeicultores na Índia

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/01/2021

1 MIN DE LEITURA

0
0

Fatores como a queda do preço do café robusta, a chuva irregular no meio da safra e a escassez de trabalhadores aumentam as preocupações dos cafeicultores de Wayanad, importante região cafeeira do estado de Kerala, na Índia.

Os preços à vista do robusta e cereja crua no sábado, no mercado de Wayanad, eram de 62 a 64 rúpias (US$ 0,82 a US$ 0,87) por kg, contra 71 a 72 (US$ 0,97 a US$ 0,98) por kg um mês atrás. Já o preço dos grãos de café robusta (café limpo) caiu de 125 (US$ 1,70) o kg para 115 (US$ 1,57) o kg.

O preço de um quilo de café no mercado agora é quase igual ao preço de 1995, mas o salário diário de um trabalhador subiu de 35 (US$ 0,48) para 400 (US$ 5,44) por dia, disse Victor Day, vice-presidente da Wayanad Coffee Growers Associação (WCGA).

Segundo ele, a produção de café melhorou este ano, mas a escassez de trabalhadores, especialmente mulheres, é um motivo de preocupação no distrito após o surto de Covid-19.

Victor também acrescenta que fluxo de trabalhadores de Gundlupet e Coorg de Karnataka durante a safra de café também diminuiu consideravelmente este ano devido à pandemia. O custo dos insumos na indústria cafeeira está aumentando, enquanto o preço do grão está caindo.

De acordo com o presidente da WCGA, Prasanth Rajesh, a chuva irregular no meio da colheita aumentou as preocupações dos agricultores, já que resultou no florescimento do café em diferentes estágios. De acordo com ele, isso não apenas atrasaria a colheita do café nesta temporada, mas também prejudicaria a colheita regular no próximo ano.

“É necessário esforço em duas semanas para apoiar a fixação das flores após a polinização, mas tal situação piorará o processo de secagem dos frutos colhidos”, disse Jagadeesh, cafeicultor de Panamaram.

Muitos agricultores estão enfrentando dificuldades para vender seus produtos que ficaram encharcados pela chuva. Jagadeesh afirma que os traders estão rejeitando-os ou oferecendo um preço muito baixo devido à qualidade inferior.

A queda desenfreada das bagas devido à chuva irregular na última quinzena é outra preocupação dos produtores. “De 15% a 20% dos grãos maduros em minha plantação caíram devido à chuva”, disse Manoj Joseph, produtor de Meenangadi.

As informações são do The Hindu / Tradução Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint