ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Café Campos Altos chega ao mercado interno

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 08/08/2018

0
0

Para ampliar sua participação no mercado de cafés especiais, o Grupo Café Campos Altos, que já tem uma linha de exportação, investiu no lançamento de produtos para o mercado interno.

“Percebendo o movimento do mercado brasileiro, resolvemos manter um pouco dos cafés que eram exportados para o mercado interno. São cafés especiais com 84 pontos acima, que serão comercializados em versões de cápsulas e embalagens de 250g, 500g e 1 kg”, afirma Ronaldo Azzi, diretor de exportação.

Para Ronaldo o objetivo da marca é oferecer aos brasileiros um café que os americanos já tinham acesso, “a torra está semelhante ao que o mercado americano consome”, completa.

José Maria de Oliveira, fundador e diretor presidente do Grupo, conta que o investimento neste segmento ocorreu por causa da mudança no padrão do consumo brasileiro, que começou a se interessar pelos cafés especiais e também pela representatividade de Minas Gerais no mercado cafeeiro.  “O café deixou de ser uma commodity para se tornar um produto gourmet, com sabores e aromas distintos. Além disso, Minas Gerais é o maior estado produtor e possui um mercado expressivo e potencial, por isso, a aposta na torrefação com distribuição para varejo reforça a nossa estratégia de conquistar esse mercado”, destacou.

O café é produzido na Fazenda Serrinha, localizada a uma altitude de mais de 1200 metros, no topo das montanhas da região do Cerrado Mineiro, cujo bioma é reconhecido como o melhor para a produção de cafés especiais no País. Desde 2013, os cafés da Fazenda Serrinha são exportados para diversos públicos. A expectativa da empresa é fechar 2018 com a exportação de 35 a 40 mil sacas.

O café está sendo comercializado na Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa) – Rod. BR040, Km 688, Setor Verde, Pavilhão O, lojas 3 e 4, Contagem (MG),e na Filial BH – Avenida Joaquim José Diniz, 280, Bairro Fernão Dias, Belo Horizonte (MG), os valores variam entre atacado e varejo. A expectativa é que até o final do ano sejam vendidas cerca de 800 sacas de 60 quilos de café no mercado interno.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.