FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Cadeias internacionais impulsionam mercado europeu de cafés

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 05/12/2019

0
0

De acordo com Relatório do Project Café Europe 2020, 26 dos 30 maiores mercados de café da Europa se expandiram durante 2019, com 13 desfrutando de um crescimento de 5% a mais. A Romênia continua sendo o mercado de cafeterias que mais cresce, registrando um aumento de 28,3% nas lojas, superando os 25,1% registrados em 2018. O Cazaquistão experimentou um crescimento de 26,5%, enquanto a Ucrânia, 16%.

No maior mercado de cafés de marca da Europa, o Reino Unido, o crescimento das lojas diminuiu de 8,7% em 2018 para 0,9% em meio à incerteza sustentada do Brexit e à confiança do consumidor. O mercado de cafeterias alemãs registrou um crescimento de 2,5% nas lojas, enquanto o crescimento francês foi mais da metade para 3,2%.

A Turquia sofreu a maior perda de cafés de marca: -2,9%. Os mercados húngaro, belga e sueco se contraíram em -1,9, -1,8 e -1,3%, respectivamente.

O Project Café Europe 2020 prevê que o mercado europeu de cafeterias de marca chegará a 45.400 pontos de venda até 2025, representando um crescimento de 5,9% na taxa anual composta de crescimento de 5%.

As principais cadeias internacionais de café continuam a aumentar sua presença na Europa, com 20 das maiores cadeias do continente agora representando 45% do mercado total de cafeterias de marca. O Costa Coffee, Starbucks, McCafé, Paul, Illy Caffè e Segafredo Zanetti estão presentes em 15 ou mais mercados europeus. Starbucks, McCafé e Costa Coffee foram responsáveis por quase um terço das novas lojas líquidas nos últimos 12 meses, compreendendo coletivamente 23% do segmento de cafeterias de marca europeia.

Os países da Europa Oriental continuam a adotar a cultura de cafés de marca, com 84% dos 300 líderes da indústria pesquisados na região relatando um crescimento positivo nas vendas nos últimos 12 meses.

A garantia de localização privilegiada cresceu em destaque entre os líderes europeus pesquisados, com 48% a considerar crítica para o sucesso das cafeterias - um aumento de 7% em 2018. No entanto, foi citada a complexidade de garantir locais adequados, aluguéis altos e custos de propriedade como os principais desafios enfrentados pelos cafés.

O relatório diz que os líderes da indústria identificaram o café especial como a principal tendência do consumidor que atualmente influencia a indústria. Enquanto isso, a bebida gelada continua sendo a que mais cresce, mas ainda representa uma proporção relativamente pequena das vendas gerais.

As informações são do Global Coffee Report / Tradução Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.