ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Brasil bate recorde de exportação de arábica, mas queda de conilon segue acentuada

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 11/01/2017

0
0
Por Thais Fernandes

O volume de arábica exportado em 2016 foi o maior da história dos dados levantados pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). Em seu Relatório Mensal de dezembro de 2016, divulgado nesta quarta-feira (11/1), o Cecafé informou que foram embarcadas 29.568.282 sacas de 60 kg no ano civil. O número é 1,2% maior do que o que foi exportado em 2015.

O número total das exportações, no entanto, não seguiu o compasso positivo. Somando todas as espécies, o café verde chegou a 30,14 milhões de sacas embarcadas, o que equivaleu a queda de 98% em relação a 2015. Já as exportações totais de café (que inclui industrializado), tiveram desempenho 8,1% menor, com 34 milhões de sacas em 2016.

Conilon segue em queda
“É indiscutível a quebra que a produção de conilon sofreu neste ano”, pontou Carvalhaes. Os números do Cecafé reforçaram o impacto da baixa da produção do grão neste ano, com queda vertiginosa de 80,2% ao longo do ano. “Em 2017 acreditamos que vamos repetir o desempenho do robusta, mas em 2018 a situação deve ser ainda mais difícil, por causa da diminuição dos estoques no país”, explicou.

Mas solúvel bate recorde

Se em grãos o conilon não foi tão exportado quanto em anos anteriores, como em 2015 quando os embarques do Espírito Santo apresentaram recorde, outro produto que leva a variedade teve suas maiores vendas ao exterior em 2016. Os embarques de café solúvel acumularam alta de 7,8% no ano, com 3,8 milhões de sacas exportadas.

“Não podemos falar sobre números específicos da Abics, mas mediante o desempenho de 2016, acredito que a indústria foi bem”, afirmou Carvalhaes sobre a pressão das indústrias nacionais pela abertura à importação, Nelson Carvalhaes, presidente o Cecafé, apontou a posição da entidade. “Nós somos pelo livre comércio. Isso desde que, claro, existam as regras necessárias”, concluiu o presidente do Cecafé.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.