ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Após altas, produtor não deve exercer opção de venda de café

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 06/02/2014

1 MIN DE LEITURA

4
0
Após a sequência de altas do café arábica na bolsa de Nova York, impulsionada pela seca em algumas regiões produtoras de Minas Gerais e São Paulo, o governo já considera que boa parte dos cafeicultores não deve exercer a opção de venda de contratos ofertados em 2013. Em setembro e outubro passados, a Conab realizou leilões de contratos de opção de venda para três milhões de sacas de café numa medida para tentar segurar a queda dos preços da commodity.

Fontes do governo afirmam que se a cotação do café continuar subindo, os produtores deverão vender o produto no mercado. "Vender para o governo implica documentação extra e algumas taxas, o que não existe na iniciativa privada. Quem tiver mais caixa deve optar por vender no mercado e quem tiver mais apertado vai esperar para exercer", disse uma fonte.

O governo avalia que se o preço ficar em até R$ 330 a saca, a "quase totalidade" dos produtores deve optar por vender no mercado. O preço de referência do governo para a opção é de R$ 343 por saca.

O café de boa qualidade, próximo dos padrões exigidos pela Conab para a entrega (caso a opção de venda seja exercida), está cotado entre R$ 320 e R$ 340 a saca, segundo o Escritório Carvalhaes. Em Varginha (MG), há ofertas para o café fino de R$ 350 livres para o produtor (sem taxas).

Há cerca de duas semanas, quando o preço da saca do produto de boa qualidade estava na casa dos R$ 300 ou mesmo abaixo disso, fontes do mercado diziam que grande parte das opções seria exercida. Mas o cenário mudou com a forte alta dos preços do café desde a semana passada por conta da seca que afeta o desenvolvimento do grão.

As informações são do Valor Econômico, adaptadas pelo CafePoint
 

4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SAMUEL HENRIQUE FORNARI

SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SÃO PAULO - DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS (CARNES, LÁCTEOS, CAFÉ)

EM 08/02/2014

Concordo Sr Adriano. Nessa hora que acho que falta uma verdadeira associação ou federação de produtores que pudesse tomar tal decisão de forma unificada. Infelizmente as cooperativas não exercem esse papel. A maioria dos produtores conseguiu poucas sacas nas opções, logo, o ganho extra é irrelevante. Melhor deixar esse café com o governo e ter a oportunidade de vender todo o resto a preços melhores. Se este café entrar no mercado, o mercado vai entender como uma compensação as perdas pela seca. Ai como sabemos, o governo pode demorar a reagir novamente se os preços caírem. Atenção!!!
ROSIMEIRI APARECIDA BUZZETI

JACAREZINHO - PARANÁ - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 08/02/2014

O produtor tem que ser inteligente, entregando esses 3 milhões de sacas de café para o governo, o mercado do café vai explodir o preço!!!

Pois vai faltar café arábica para os exportadores embarcarem!!!
CESAR GALLI

CAMPINAS - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 07/02/2014

Excelente retrospecto!

O MST foi como aspirina para combater a febre. A causa da exclusão de tantos é a falta de educação e de instrução. Ao invés de combater a causa, dá-se aspirina para a febre!
ADRIANO MAURICIO GONCALVES DA SILVA

JAGUARÉ - ESPÍRITO SANTO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 07/02/2014

Eu acho que devemos optar sim em exercer a venda conforme foi tratado, esse aumento de preços é por causa da seca mas também por causa do leilão....acredito se todos exercerem a entrega do produto para a conab as coisas irão melhorar ainda mais, ja se não acredito em baixa após a decisão...Pensem nisso!!!
CaféPoint AgriPoint