FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

7º Prêmio do Cerrado Mineiro acontece na próxima semana

POR EQUIPE CAFÉPOINT

AGENDA DO PRODUTOR

EM 24/10/2019

0
0

No dia 30 de outubro serão anunciados os dez finalistas da Categoria Natural e os cinco da Categoria Cereja Descascado do 7º Prêmio Região do Cerrado Mineiro. O evento reúne produtores, compradores, importadores e exportadores em um encontro que já se tornou tradicional na região.

Na edição deste ano, também serão premiadas iniciativas sociais, ambientais e educacionais. O Troféu Ético e Rastreável irá nomear projetos de produtores finalistas, sejam eles na área ambiental, social ou de boas práticas agrícolas, julgados por uma banca de especialistas. Outra novidade é o Troféu Escola de Atitude, que premiará iniciativas pedagógicas de escolas do Cerrado Mineiro que tenham ações transformadoras e influentes na vida de crianças e adolescentes.

“Além de promover a origem Região do Cerrado Mineiro e seus produtores, o Prêmio busca incentivar a produção de cafés éticos, rastreáveis e de alta qualidade, integrando os produtores às pessoas envolvidas no processo de produção”, comenta o gerente do Sebrae Minas na regional Noroeste e Alto Paranaíba, Marcos Geraldo Alves. Segundo ele, a premiação é a ação mais importante do Sebrae na região, pois busca desenvolver novos negócios e conectar os produtores aos compradores e consumidores de café.

O superintendente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal, acredita que a premiação é uma grande festa de celebração da safra e de toda a cadeia do café do cerrado mineiro. “As nossas expectativas são as melhores possíveis. Tivemos um ano de muitos desafios na produção e mesmo assim os produtores se empenharam em enviar suas amostras para participar do evento. O Prêmio é um momento institucional importante para a região do cerrado mineiro, que nós aproveitamos para promover os resultados e as conquistas que a Federação e Fundação de Desenvolvimento do Cerrado Mineiro (Fundaccer) vêm obtendo na promoção e no desenvolvimento da Denominação de Origem Região Cerrado Mineiro”, destaca.

Premiação e leilão

O primeiro lugar de cada modalidade receberá R$ 1.980,00 por saca de 60 quilos; o segundo colocado, R$ 1.540,00; e o terceiro, R$ 1.320,00 por saca. A comercialização dos 15 lotes finalistas será feita em dois modelos: parte dos lotes das três primeiras colocações das duas categorias será reservada ao mercado brasileiro, sendo comercializada, antecipada e exclusivamente para cafeterias e uma torrefação nacional. Os lotes das demais colocações, bem como o restante dos três primeiros lugares de cada categoria, serão levados a leilão, que acontecerá ao vivo após a revelação dos vencedores.

No leilão, o valor do lance mínimo para os lotes dos três primeiros lugares será baseado nos valores da premiação. Já o lance mínimo das demais colocações será de R$ 880,00 a saca de 60 quilos. Na última edição, o campeão da categoria natural teve seu lote arrematado por R$ 19 mil por saca.

O Prêmio Região do Cerrado Mineiro é promovido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado e conta com apoio do Sebrae e patrocínio oficial da Syngenta. Os patrocínios são da Sicoob, Rabobank, Case IH, Pinhalense e Investbras. 

As informações são da Região do Cerrado Mineiro.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.