ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Agricultura Sustentável ou Agricultor Sustentável?

POR RODRIGO CASCALLES

CERTIFICAÇÃO E QUALIDADE

EM 23/09/2011

1
0
Escrevi este artigo inspirado em um vídeo que acabo de assistir, intitulado "Tentativa, erro e o complexo de Deus"[1].

Segundo muitas pesquisas na área do comportamento, todo Ser Humano tem a necessidade de se sentir importante, buscando um significado na vida. Temos essa necessidade em comum. Você, eu e todos os demais.

A diferença consiste na maneira como atendemos a essa necessidade.

Alguns buscam significância através da fama ou dinheiro, outros através da intelectualidade. Existem aqueles que praticam a caridade ou buscam satisfazer a família da melhor maneira possível. A "estratégia" - inconsciente ou consciente - que usamos depende de muitos fatores.

O que é sustentável ou insustentável são as conseqüências dessa estratégia. A escolha é sempre nossa. Sempre.

Temos o péssimo hábito de terceirizar a culpa por nossas decisões. Somos, no entanto, seres pensantes. E podemos mudar nossas atitudes, se assim o desejarmos. Exceto em alguns casos de patologias clinicas, o ser humano pode decidir entre isso ou aquilo. Pode mudar o rumo de sua vida e de seus negócios.

Alguns fatores não dependem de nós, é claro. Mas, em relação a eles não podemos fazer quase nada.

Muitas vezes o problema está na chamada "zona de conforto". Ela é habilidosa em desviar nossa atenção daquilo que realmente importa.

Deixamos de tomar muitas decisões importantes, por que preferimos o prazer imediato. E, quem sabe, a agricultura não caiu nessa armadilha. O prazer imediato pode ser insustentável.

Essa cilada pode ser superada quando sabemos exatamente quais são os nossos objetivos. E, a partir disso, temos a oportunidade de entender o que depende de nós e o que não depende.

Algumas perguntas se fazem necessárias:

Sob qual ponto de vista você está tomando suas decisões?

A sua decisão se sustenta no curto, médio e longo prazo?

Sob o ponto de vista da rentabilidade, quais são os fatores que a influenciam? Como você lida com cada um deles? Eu disse: "Como VOCÊ lida com cada um deles?".

Quais atitudes dependem exclusivamente de você? Quais as conseqüências no âmbito financeiro, social, cultural e ambiental?

Isso é pensar sustentavelmente.

Podemos ser mais sustentáveis em outros aspectos da vida também. Por exemplo, quais as conseqüências de uma palavra dita em um momento de euforia ou descontrole emocional?

O quão sustentável é o nosso comportamento no dia a dia?

Em um mundo repleto de diferentes histórias de vida, experiências, crenças e valores, as formas de se conquistar significado variam infinitamente. O complexo de Deus, citado no vídeo, remete a uma reflexão.

Estamos abertos a outras maneiras de enxergar a vida? Estamos abertos a outras maneiras de ser fazer agricultura?

O complexo de Deus nos obriga a defendemos ferozmente nossas idéias, apesar de muitas vezes as evidências mostrarem que não temos assim tanta razão...

O que você pode fazer de diferente hoje?

RODRIGO CASCALLES

Eng. Agrônomo (ESALQ/USP) e Executive Coach (Sociedade Brasileira de Coaching). Tem por objetivo contribuir no aumento da sustentabilidade e dos resultados positivos na agricultura.

1

COMENTÁRIOS SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Seu comentário será exibido, assim que aprovado, para todos os usuários que acessarem este material.

Seu comentário não será publicado e apenas os moderadores do portal poderão visualizá-lo.

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

EDUARDO CHAGAS MATAVELLI

POÇOS DE CALDAS - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 25/09/2011

Muito bom o texto Cascalles...grande abraço!!