FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Irrigação deficitária pode causar redução no tamanho dos frutos do cafeeiro

POR JOSÉ BRAZ MATIELLO

TÉCNICAS DE PRODUÇÃO

EM 06/07/2016

0
0
Por José Braz Matiello e Rodrigo N. Paiva – engenheiros agrônomos da Fundação Procafé e Anderson T. Duarte – Tec. Agr/consultor, Vanderlei S. Oliveira- Adm.Emp. e BiancaL. Aquino, Tecnóloga em Grãos, Solução Agronegócios- Unaí (MG)


Nesta safra de café de 2016 verificou-se que cafezais na região Norte-Noroeste de Minas apresentaram frutos de tamanho pequeno, resultando em grãos de peneiras baixas, isso acontecendo apesar das lavouras contarem com suporte em irrigação sistemática, de forma tecnológica.

As observações foram realizadas em áreas de chapada, na região de Unaí, onde existem grandes projetos de cafeicultura empresarial, com uso de irrigação quase totalmente pelo sistema de pivô central-lepa. Nessas áreas, a chuva normal, anual, se situa em cerca de 1100 mm, mas neste último ano agrícola choveu apenas cerca de 740 mm e as temperaturas se situaram cerca de 1,5 a 2,0oC acima do normal.

No campo, nos cafés ainda não colhidos, podem ser observados frutos pequenos e muitos com presença de grãos moka. Nos cafés já colhidos e beneficiados verificou-se que somente 22% dos grãos apresentaram peneiras 16 e acima, quando o normal seria pelo menos o dobro disso. Em regiões de montanha, mais sombreadas, esse percentual pode atingir até 60 a 70%.

Na safra de 2015 já se havia verificado a ocorrência anormal de frutos/grãos pequenos, pelo efeito de pouca chuva em janeiro e fevereiro, em lavouras de café de sequeiro no Sul de Minas. Agora, são constatados problemas de tamanho dos frutos, mesmo em áreas irrigadas, indicando que, sob condições de déficit hídrico e altas temperaturas, isso levando a maiores necessidades de água pelas plantas, e, ainda, provavelmente pela condição estar refletindo em menor fotossíntese, os frutos não crescem normalmente, devido às plantas não terem conseguido se abastecer adequadamente, mesmo com a irrigação normal, tecnológica.

Resta indicar que, sob condições adversas de clima, as irrigações necessitam ser reprogramadas, visando reduzir/evitar perdas quantitativas/qualitativas nos frutos/grãos de café.


Foto: Procafé
Cafezal catuai, conduzido de forma empresarial, sob irrigação com pivô-lepa, em Unaí (MG)


Foto: Procafé

Foto: Procafé

Foto: Procafé
Poucos frutos de tamanho normal nas rosetas, com maioria de frutos pequenos, resultando na colheita de frutos que darão peneiras baixas, Unaí (MG), junho de 2016

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.