FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Esparramação do cisco no pós-colheita em cafeeiros - importante e facilitada

POR JOSÉ BRAZ MATIELLO

TÉCNICAS DE PRODUÇÃO

EM 11/09/2019

2
3

A esparramação ou chegada de cisco é uma prática em cafezais que vem sendo deixada de lado nos últimos anos, devido ao desconhecimento da sua importância e da forma mais fácil pra sua execução, objetivando seu menor custo. Ela é uma operação que visa retornar, para junto da linha de cafeeiros, os resíduos acumulados no meio da rua em função da colheita do café, seja aqueles depositados pelo trabalho de arruação, seja os oriundos da própria colheita, como folhas, galhos, terra, frutos remanescentes etc.

A importância do retorno desses resíduos, mais conhecidos como cisco, para debaixo da linha de cafeeiros, tem sido pouco estudada, porém trabalho recente mostra que, em três safras avaliadas, a média produtiva saltou de 35,2 sacas/ha para 43,9 sacas com a chegada do cisco, em experimento realizado em Araguari (MG) (Santinato et alli, in- Anais do 42º CBPC, 2016, p. 121). Portanto, com aumento de cerca de 25% favorável à prática conhecida como chegada mais dirigida do cisco.

Tradicionalmente, certo tempo após a colheita, a esparramação do cisco era efetuada com a enxada, acoplando a mesma a uma capina do mato existente na ocasião. Hoje em dia, a chegada do cisco deve ser feita o quanto antes, após a varrição e recolhimento do café do chão. A realização mais cedo é adequada porque os resíduos, constituídos de folhas, galhos, terra solta etc, vão, também mais cedo, proteger o solo e economizar água junto aos cafeeiros, e logo estarão disponíveis para servirem de adubo para os cafeeiros.

Quanto ao processo de esparramação, atualmente, nas áreas mecanizáveis, verificou-se em trabalho avaliado na Fda Ouro Verde, em Bocaiuva (MG), que pode-se efetuar a prática mais facilmente com o equipamento conhecido como “varre tudo” acoplado ao trator, existindo várias marcas no mercado. É o mesmo equipamento usado pra arruação, juntando/enleirando o cisco antes da colheita e pra varrer os frutos de café, para seu recolhimento, em seguida por outro equipamento. Ele é constituído de um conjunto de dois rastelos giratórios e de um sistema de ventilação. No processo de esparramação, o modo operacional consiste em desligar o ventilador e, através de comando próprio, troca-se o sentido de rotação dos rastelos, que atualmente são acionados por motores hidráulicos, bastando inverter o fluxo de óleo e assim, rodando no sentido inverso, jogam pra fora os resíduos existentes na rua, que vão parar junto e debaixo dos cafeeiros. A velocidade operacional observada no campo varia conforme a quantidade de material a esparramar: a normal seria de cerca de 2 km por hora, mas existindo pouco material pode-se operar até com 5 km por hora, com rendimento de 1 a 1,5 ha por hora, considerando o tempo das manobras.


Equipamento do tipo “varre tudo”, usado para esparramação do cisco em cafezal, tendo o ventilador desligado e a rotação do rastelo invertida.


Antes da esparramação do cisco. Folhagem seca e resíduos no meio da rua do cafezal.


Depois da esparramação do cisco com o "varre tudo". Rua limpa, com cisco junto e debaixo da saia dos cafeeiros.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CARLOS ALBERTO MORAES

CRISTAIS - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 12/09/2019

eu usei uma lamina e colocando ela em agulo descrecente passei na rua e ao mesmo tempo que mandei o lixo e residuos pra debaixo do cafe eu descompacetei o solo deixando pronto pra uma boa chuva sendo que os morrinhos da laminas vai segurar a agua dando tempo pra mesmo infiltrar no solo evitando o escorro .
BERTIABUAF

COMÉRCIO DE CAFÉ (B2B)

EM 12/09/2019

Can we please have this journal that you publish in English language please.very many thanks.