carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

Concurso elege o melhor café arábica da região das Montanhas (ES)

postado em 04/12/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Da redação

A 14ª edição do Concurso Realcafé/UCC de Qualidade elegeu o grão de José Carlos Velten, com a propriedade localizada em Marechal Floriano, o melhor café da variedade arábica da Região das Montanhas do Espírito Santo. Se inscreveram para a competição 145 amostras de cafés especiais, que passaram por testes sensoriais para serem aceitos. Destas, apenas 70 foram aprovadas e, após a avaliação do grão e das práticas utilizadas nas fazendas, 20 foram finalistas.

Foto: Divulgação
                                                   Foto: Divulgação

O evento de anunciação do vencedor aconteceu na manhã do último sábado (02), na sede da Realcafé, empresa localizada em Viana, e contou com a participação de cerca de 280 pessoas, entre produtores rurais, especialistas em café e representantes do setor público e privado. Além da premiação no valor de R$30.000,00, o campeão terá o seu grão comercializado no Realcafé Reserva, linha de cafés especiais da Realcafé, com uma edição limitada em seu nome.
Para Velten, ganhar o concurso é emocionante. Ele, que é meeiro, ou seja, cultiva o café em uma propriedade que não é dele, cultiva café especial há 12 anos e se diz muito feliz com a premiação: "entendo que o café é um alimento e quanto mais capricho a gente tem, mais valor agregado ele vai ter na mesa de quem o consome. Sei que entrego um produto puro e sem contaminação, que vai ser comercializado em todo o Brasil", comentou. 

Todos os 20 finalistas tiveram os grãos avaliados no dia 01º de dezembro por especialistas em café com reconhecimento no Brasil e no mundo, como Marco Suplicy, fundador da Suplicy Cafés Especiais, Geórgia Franco de Souza, fundadora da Lucca Cafés Especiais, Eliana Relvas, consultora de cafés para o Grupo Pão de Açúcar, e representantes da torrefadora japonesa Ueshima Coffee Company (UCC) e da Tristão Companhia de Comércio Exterior.

De acordo com o Deputado Federal Evair de Melo (PV-ES), jurado e coordenador técnico do concurso, todos os anos é um desafio escolher o café vencedor, mas essa edição foi ainda mais acirrada, porque a qualidade dos produtos estava equiparada: " o Espírito Santo está saindo de uma seca de três anos. As notas dos grãos finalistas foram bem próximas, apresentando uniformidade e muita excelência. Nenhum café apresentou nenhum tipo de problema, o que mostra a quanto os produtores rurais estão se especializando cada vez mais e, por isso, merecem o nosso reconhecimento", destacou.

Para o Presidente da Realcafé e idealizador do Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade,
Sérgio Tristão, o reconhecimento ao cultivo de cafés especiais impulsiona o setor da cafeicultura, pois causa um impacto na vida dos produtores e contribui para o desenvolvimento do setor: "vemos a simplicidade em casa um deles e temos o desafio de nos reinventarmos e fortalecermos o cultivo de café de qualidade no Espírito Santo”, disse. 


Abaixo, a lista completa dos vencedores:


1° lugar:
José Carlos Velten-Marechal Floriano
2° lugar: José Leandro Romão - Castelo
3° lugar: Marcos Antônio Tomazini- Castelo
4° lugar: Luciano Dutra Pimenta- Afonso Cláudio
5° lugar: Luiz Ambrozim- Brejetuba
6° lugar: Noeli Edir de Paula- Brejetuba
7° lugar: Flosina Littig Braga- Afonso Cláudio
8° lugar: Wesley Isac Noia Gomes- Ibatiba
9° lugar: Arnaldo Krause- Itarana
10° lugar: Gilberto Brioschi- Venda Nova do Imigrante
11° lugar: José Davino Gomes- Ibatiba
12° lugar: Lurdiane Cacia Uhlig Krause -Itarana
13° lugar: Luciano Dazílio Delpupo - Afonso Cláudio
14° lugar: Moacir Vieira de Amorim- Afonso Cláudio
15° lugar: Benice Braga Sutil- Afonso Cláudio
16° lugar: Amélio Leocádio Pereira- Ibatiba
17° lugar: Claudia Krause Battestin-Itarana
18° lugar: Laudio Krause- Itarana
19° lugar: Lindalva Delpupo Ruckdeschel- Afonso Cláudio
20° lugar: Gilmar de Castro Souza- Irupi 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade