carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

Broca: CNC e Andef se aproximam para elaborar "case Endosulfan"

postado em 05/09/2017

4 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Da redação

Com a colheita de café na safra brasileira 2017/2018 se aproximando do fim, ficou clara a insatisfação dos produtores com a infestação da Broca-do-Café, inseto que se alimenta do fruto e destrói a parte interna do grão, trazendo prejuízos qualitativos e quantitativos aos agricultores. Com isso em mente, representantes do Conselho Nacional do Café (CNC) e da Agência Nacional de Defesa Vegetal (Andef) se reuniram para debater sobre pesquisas agroquímicas voltadas à questão da praga. 

Foto: Ivan Padovani/Café Editora
                                   Foto: Ivan Padovani/Café Editora

De maneira geral, os órgãos se aproximarão para trocar conhecimentos relacionados à fitossanidade, principalmente no que diz respeito aos atuais problemas para o controle da Broca. A partir de agora, o Conselho realizará um levantamento, junto com os associados, para entender as dificuldades enfrentadas com cada inseticida acessível no mercado, assim como os casos de sucesso. As informações serão repassadas à Andef, que cobrará explicações das empresas e fornecerá conhecimento aos produtores. 
Diante dos regulatórios que travam a aprovação de novas moléculas e que podem levar ao banimento de outros 55 ingredientes ativos atualmente em uso na agropecuária, o CNC e a Andef construirão o “case Endosulfan” com a intenção de mostrar aos órgãos governamentais os impactos que a proibição de um produto pode causar no setor produtivo. O objetivo não é solicitar o retorno do inseticida, mas reforçar a necessidade de uma análise de risco antes de qualquer molécula em uso nas lavouras ser banida.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

Murilo de Freitas Ferracin

Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Consultoria/extensão
postado em 06/09/2017

Pior que utilizar o Endosulfan será o desequilíbrio utilizando de forma desesperadora a "porcariada" que existe hoje no mercado. Produtos lançados sem nenhum estudo sério. Com lançamentos no mercado sem resultados satisfatórios, mais com apoio (R$) interesseiro, colocando outros produtos supostamente recomendado, mas que não funcionam.

Julio Pedreira Pasandin

Monte Alto - São Paulo - Produção de café
postado em 08/09/2017

Em comentário anterior informava que a agricultura cafeeira tinha seus dias contados em razão da eliminação de defensivos sem que houvesse reposição por outros da mesma eficiência. Reforço aqui meu comentário. 

Walter Carmo de Padua Junior

São Sebastião do Paraíso - Minas Gerais - Produção de café
postado em 13/09/2017

Qual estudo e onde posso ler sobre o motivo da proibição do Endosulfan e os testes apresentados que levaram a proibição? 

joão pedro a zanin

São Sebastião do Paraíso - Minas Gerais - Cafeterias e pontos de venda de produtos de café
postado em 14/09/2017

Favor nos orientar a época melhor para aplicar controle da broca e qual o melhor produto a ser aplicado.
A venda é feita para janeiro, mas não seria melhor antes?

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade