ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

16% dos cooperados da Cooxupé estão com problemas com a Broca

PRODUÇÃO

EM 04/09/2017

0
0
Da redação

Dos quase 14 mil cooperados da Cooperativa dos Cafeicultores de Guaxupé (Cooxupé), 16% estão com problemas com a Broca, inseto que se alimenta do fruto do café, destruindo a parte interna do grão e trazendo prejuízos qualitativos e quantitativos ao produtor. Em 2007, apenas 2% dos grãos que entraram na cooperativa estavam danificados.

Foto: Ivan Padovani/Café Editora
                                  Foto: Ivan Padovani/Café Editora

Desde que o governo proibiu o uso do inseticida Endosulfan, produto padrão altamente eficiente no controle da praga, porém extremamente tóxico, as infestações da praga aumentam bastante em áreas de regiões produtoras. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está analisando outros agrotóxicos para usar no combate do bicho, mas a eficácia deles ainda não foi comprovada.
Uma das técnicas utilizadas nas lavouras para combater a broca é evitar o que os especialistas chamam de "colheita malfeita", ou seja, após a colheita e depois da varrição dos grãos que caíram, os produtores precisam evitar que grãos continuem no pé ou mesmo no chão. O motivo é simples: se esses grãos estiverem com a Broca, a praga vai continuar na plantação e, no próximo ano, na outra safra, esses pés serão atacados novamente. 

A área de atuação da Cooxupé integra mais de 200 municípios nas regiões do Sul e Cerrado de Minas e Média Mogiana no Estado de São Paulo

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.