carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

16% dos cooperados da Cooxupé estão com problemas com a Broca

postado em 04/09/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Da redação

Dos quase 14 mil cooperados da Cooperativa dos Cafeicultores de Guaxupé (Cooxupé), 16% estão com problemas com a Broca, inseto que se alimenta do fruto do café, destruindo a parte interna do grão e trazendo prejuízos qualitativos e quantitativos ao produtor. Em 2007, apenas 2% dos grãos que entraram na cooperativa estavam danificados.

Foto: Ivan Padovani/Café Editora
                                  Foto: Ivan Padovani/Café Editora

Desde que o governo proibiu o uso do inseticida Endosulfan, produto padrão altamente eficiente no controle da praga, porém extremamente tóxico, as infestações da praga aumentam bastante em áreas de regiões produtoras. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está analisando outros agrotóxicos para usar no combate do bicho, mas a eficácia deles ainda não foi comprovada.
Uma das técnicas utilizadas nas lavouras para combater a broca é evitar o que os especialistas chamam de "colheita malfeita", ou seja, após a colheita e depois da varrição dos grãos que caíram, os produtores precisam evitar que grãos continuem no pé ou mesmo no chão. O motivo é simples: se esses grãos estiverem com a Broca, a praga vai continuar na plantação e, no próximo ano, na outra safra, esses pés serão atacados novamente. 

A área de atuação da Cooxupé integra mais de 200 municípios nas regiões do Sul e Cerrado de Minas e Média Mogiana no Estado de São Paulo

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade