carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Política

Temer transfere Agricultura Familiar, Desenvolvimento Agrário e Incra para Casa Civil

Por Equipe CaféPoint (CaféPoint)
postado em 01/06/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Por Thais Fernandes

Após a extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) pelo presidente interino da República, Michel Temer (PMDB), as questões relacionadas à pasta foram assumidas pela chamada Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário. Em primeiro momento, a Secretaria foi subordinada ao Ministério do Desenvolvimento Social – que ficou sendo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário.

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Nesta segunda-feira (30/5), contudo, o presidente em exercício assinou o Decreto No 8.780, no qual transfere a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário para a Casa Civil da Presidência da República. Na transferência também consta o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Incra.

Confira o texto da medida publicada no DOU:





 
Um dia após a mudança, nesta terça-feira (31/5), o presidente interino Michel Temer (PMDB) exonerou os antigos ocupantes dos cargos e nomeou novos presidentes para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Incra, e para a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário.

A partir de agora, José Ricardo Ramos Roseno assume o cargo de Secretário Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário da Casa Civil da Presidência da República. Já no Incra, a presidência ficará com Leonardo Góes Silva. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira.

De acordo com informações da Agência Brasil, o partido Solidariedade já planejava ter indicados assumindo o comando de uma nova Secretaria de Desenvolvimento Agrário e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). A informação é do dia 12 de maio e reporta afirmação do deputado Paulinho da Força (SD-SP).


José Ricardo Ramos Roseno - Secretaria Especial de Agricultura Familiar
Nomeado para assumir a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, José Ricardo Ramos Roseno é engenheiro agrônomo graduado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Possui pós-graduação pela Fundação Getúlio Vargas e se formou no Curso de Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos do Instituto das Águas da Unesco.

Desde 1983, Roseno atua no setor de assistência técnica e extensão Rural. Em 1995, ele ingressou na Emater-MG, tendo atuado como dirigente de unidade básica, no município de Rio Preto, Zona da Mata mineira. Ele atuou também como gerente das regionais da Emater-MG em São Francisco e Januária, Norte de Minas. Entre 2000 e 2007, desenvolveu trabalhos voltados para a preservação ambiental. Nesse período, assumiu os cargos de gerente do Programa estadual VerdeMinas e coordenador da Emater-MG no Programa de Revitalização do Rio São Francisco.

Em 2007, José Ricardo Roseno se tornou diretor Técnico da Emater-MG. De 2011 a 2012, ele trabalhou como gerente do Projeto Adequação Socioeconômica e Ambiental das Propriedades Rurais do Governo do Estado de Minas Gerais.

Em fevereiro de 2013, José Ricardo Ramos Roseno assumiu a presidência da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG). O mandato a frente da Emater é realizado através de nomeação do governador de Minas Gerais, e o de Roseno se estendeu até 12 de março de 2015.

Leonardo Góes Silva - Incra
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Incra, é uma autarquia federal cuja missão prioritária é executar a reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional.

De acordo com o Incra, o novo presidente do Instituto Leonardo Góes Silva é engenheiro agrônomo, natural de Salvador (BA), graduado em Engenharia Agronômica e mestre em Ciências Agrárias pela Universidade Federal da Bahia. Foi coordenador de projetos especiais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia, entre abril de 2001 a abril de 2006.

Servidor concursado do Incra, Leonardo Silva ingressou na autarquia em abril de 2006 na carreira de Perito Federal Agrário. Exerceu a função de assistente técnico da Divisão de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamento da Superintendência Regional do Instituto em Sergipe, entre abril de 2006 a abril de 2008, assumindo em seguida a chefia da referida divisão, até maio de 2012. Foi nomeado superintendente regional do Incra em Sergipe, exercendo a função entre maio de 2012 a maio de 2015.

Em Brasília, ocupou os cargos de presidente substituto do Incra, entre março de 2015 a janeiro de 2016, e de Diretor de Programas, no período de maio de 2015 até a presente data.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

Equipe CaféPoint    São Paulo - São Paulo

Mídia especializada/imprensa

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade