carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Internacional

Ipanema Coffees retorna ao mundo do café especializado

postado em 08/05/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Ipanema Coffees, um dos maiores grupos de produtores do Brasil, reintroduziu-se no mundo do café especializado dos Estados Unidos na SCA Expo, feira ocorrida em Seattle no mês passado, destacando resultados de três anos de investimentos focados na qualidade em um programa de microlote.

Foto: Divulgação


O evento foi oportuno para o grupo, já que a safra 2017/2018 no Brasil está começando. Com 37 anos de atuação, a Ipanema Coffees mantém três propriedades primárias próximas dos municípios de Alfenas e Conceição do Rio Verde, no sul do estado de Minas Gerais.

Com o objetivo de introduzir uma nova plataforma de microlote chamada “Ipanema Grand Cru”, a organização vem implementando medidas inovadoras de controle de qualidade e desenvolvimento em partes de suas fazendas. Os cafés de lotes individuais recebem processos diferentes e são monitorados de perto ao longo do ciclo produtivo. A companhia disse que acredita que o programa de desenvolvimento de qualidade pode ser apropriado, ajudando a fornecer uma nova base de qualidade para o mercado brasileiro de cafés verdes especiais.

Foto: Divulgação


"O objetivo é ser capaz de ajudar os produtores em geral a alcançar outro nível. Isso significa que quando definimos uma matriz de qualidade e um novo conceito de produção, somos capazes de oferecer serviços de consultoria a outros produtores, aumentando oportunidades de aprendizado e vendas em um mercado global que aprecia cada vez mais cafés especiais", disse o CEO da Ipanema Coffees, Washington Rodrigues, em anúncio do lançamento do Grand Cru no mercado. "Este novo modelo, baseado em alta tecnologia, pode ser transmitido a outros produtores que desejam alcançar essa eficiência e nível de qualidade de gestão em suas fazendas”, completou.

Em 2016, o conceito de Grand Cru foi aplicado em cerca de 200 toneladas de café. Com isso, especialistas em agricultura, engenheiros e a equipe de controle de qualidade da Ipanema foram auxiliados por um grupo de consultoria de professores de três universidades brasileiras.

Para a iniciativa, os investimentos da Ipanema incluíram a compra de novos despolpadores, um secador mecânico importado e novos e melhorados pátios de secagem de vários modelos, cobertos e ao ar livre, incluindo os tipos de leitos de secagem que podem ser encontrados nos cafeeiros da África.

O grupo focou em encontrar associações ideais de genótipo/fenótipo, combinando cada ambiente de crescimento em nível de lote com uma variedade de café enquanto experimentou qualquer número de variáveis ao longo do processo de produção. “Os testes validam a melhor associação genótipo/fenótipo. Em longo prazo, as repetições tornam possível determinar todas as variáveis controladas”, disse a empresa.

O grupo vem experimentando vários tipos e metodologias de fermentação. Novas metodologias de colheita envolveram a colheita manual e a experimentação com vários estágios de maturação. Do cafeeiro, alguns cafés são transportados para o moinho (wet mil), onde foram aplicados novos despolpadores que descascam os cafés cerejas até certo ponto, enquanto alguns são desviados para vários pátios de secagem ou tipos de leito para processamento natural.
“Especialistas que visitam a Ipanema estão surpresos com o volume, com os detalhes e com a sofisticação dos testes. O trabalho é, de fato, meticuloso e visa alcançar a matriz ideal que pode garantir os melhores grãos”, disse Washington.

As informações são do Daily Coffee News / Tradução por Juliana Santin

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade