carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Internacional

Colômbia: 234 famílias de cafeicultores recebem atenção integral da FNC

postado em 04/08/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Cerca de 234 famílias produtoras de café serão beneficiadas com o escritório da Federação Nacional de Cafeicultores (FNC), aberto no dia dois de agosto em Mocoa, capital do departamento de Putumayo, na Colômbia.

Foto: Alexia Santi/Agência Ophelia
                                 Foto: Alexia Santi/ Agência Ophelia

O escritório visa proporcionar atendimento integral à todos os setores da cafeicultura. Atualmente, existem seis funcionários (três da FNC e três do Governo) atendendo às famílias, que possuem 248 hectares de café.

A unidade foi criada sob o modelo de intervenção integral desenvolvido pela FNC "Unidos por Mocoa" (financiado com doações dos colaboradores da instituição). Será implementada ações concretas a curto e médio prazo para atender às necessidades de recuperação de infraestrutura produtiva, de habitação e garantia de compra e comercialização de café dos cafeicultores da região.

A cerimônia de abertura do escritório contou com a presença do gerente geral da FNC, Roberto Vélez Vallejo, do presidente da Procafecol, Hernán Méndez, de representantes da FNC do Governo de Putumayo, do prefeito de Mocoa e de cafeicultores.

Vale recordar que em abril passado a cidade de Mocoa foi atingida pelo transbordamento dos rios Mulato e San Goyaco, pelas quebradas Taruca e Taruquita e por uma série de avalanches que causaram a perda de vidas humanas e danos materiais. Durante esta viagem, Vélez aproveitou para visitar algumas famílias afetadas e ter informações em primeira mão do trabalho que será feito durante este tempo.

O modelo de atendimento integral "Unidos por Mocoa", que conta com recursos de investimento de 630 milhões de pesos (US$ 212.761), tem quatro componentes estratégicos:

Institucional: Consolidar a presença da FNC nas áreas afetadas, com o estabelecimento de um escritório e uma equipe de trabalho responsável por liderar as intervenções econômicas e sociais realizadas com recursos públicos e privados, incluindo a melhoria das receitas e da qualidade de vida dos produtores.

Econômico: Contribuir para consolidar as oportunidades de geração de renda através de iniciativas relacionadas com a estrutura de produção, o estabelecimento de um ponto de compra e a edição de um café especial chamado "Café Mocoa", que estará à venda em algumas lojas Juan Valdez.

Este componente também inclui o acompanhamento, a assistência técnica e os trabalhos educativos por parte do Serviço de Extensão.

Social: Gerenciar e executar projetos sociais, priorizando aspectos relacionados com a realocação e reconstrução de habitação e necessidades específicas de educação das famílias produtoras de café.

Prestação de contas: Tornar visível os avanços na execução do projeto através de comunicações internas e externas.

Edição Especial Limitada do "Café Mocoa"

No marco da abertura oficial do escritório, a Procafecol lançou mil unidades de uma edição especial de café que estará em algumas lojas de todo o país. Esta edição foi feita com a compra de café de produtores de Mocoa.

Os cafeicultores receberam um preço prêmio por seu café, reconhecendo sua qualidade e esforço, o que também ajudará a melhorar suas receitas e sua qualidade de vida.

As informações são da FNC / Tradução Juliana Santin




 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade