ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Rússia supera Brasil e Índia como fornecedor de café instantâneo para Alemanha

A Rússia começou a fornecer café instantâneo para a Alemanha desde meados de 2016 e tornou-se um dos principais vendedores, ganhando a competição com o Brasil e Índia, informou o Centro Russo de Exportações.

"A Rússia entrou na lista dos dez maiores fornecedores de café solúvel para a Alemanha, deixando para trás Brasil, Suíça e Índia, garantindo 5% das importações alemãs no outono", disse o centro.

Embora atualmente trate-se de um volume de 100 a 150 toneladas por mês, durante alguns meses do ano passado, que foi quando começou a exportação, é uma grande conquista, disseram especialistas do centro.

A Alemanha é um dos países que mais consomem café instantâneo no mundo, atingindo 40.000 toneladas por ano.

Outro mercado que a Rússia conseguiu conquistar é Israel, onde o café produzido na Rússia tem apenas dois concorrentes que o superam, Coreia do Sul e Vietnã.

Na Rússia, o café instantâneo é produzido com matéria-prima importada e em fábricas de marcas mundialmente conhecidas, localizadas nas regiões de Krasnodar e Leningrado.

As informações são do Sputnik / Tradução por Juliana Santin 

7

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ROBERTO TICOULAT

SÃO PAULO - SÃO PAULO

EM 08/02/2017

Patrick colocacao muito oportuna.  A produçao de Conillon esta voltando a aumentar com excelentes resultados na Rondonia. Esta semana foram postadas fotos de pés com alta produtividade. O plantio de café Conillon para finalidade de agricultura familiar seria uma excelente oportunidade. Nem sei se este café ficaria aqui para as nossas industrias ou acabaria sendo exportada mas sem duvida seria uma forma de criar renda para estes agricultores.



Sugiro entrar em contato com a Embrapa ou mesmo entidades na Rondonia para estudar melhor o assunto
PATRICK STEENBUCK

ITAPIRANGA - AMAZONAS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 08/02/2017

Sera que esta na hora de iniciar os plantios de Conilon na Amazonia en conjunto con a Agricultura familiar...quantas hectares de Cafe serian necesarias ser implantadas para ser o minimo de competitivo no mercado dos Solubles...obrigado por todas as possiveis observaçoes....COOMAM - Coop. Agro.Indus.Mistado Medio Amazonas...Patrick Steenbuck...DiretorPresidente...espero pronunciamentos sobre a idea de implanta çao de cafezais na Amazonia..abzs.
ROBERTO TICOULAT

SÃO PAULO - SÃO PAULO

EM 08/02/2017

Arlindo o Brasil é fechado para a importação. Isto não atrai as grandes empresas para produzir no Brasil. Ademais nosso cambio esta sobrevalorizado, nossso custos de mão de obra são superiores por uma legislação trabalhista muito honerosa. Nosso impostos são muito altos na tributação de energia, tanto no óleo combustível como gas como na energia elétrica retirando o Brasil do mercado. Nosso governo não negocia a alíquota de 9 pct de imposto de importação ao nosso soluvel enquanto para a Rússia cobre zero. Quer que continue ?
JOÃO JOSE ALVES DE ALVARENGA

EM 07/02/2017

Quando se deseja profundamente alguma coisa o mundo inteiro conspira para que aconteça

Porém,  o brasileiro não quer, não precisa, está na área de confronto.

Observem o Marketing que o Brasil faz de seu café pelo mundo afora, reparem na diretoria das cooperativas brasileiras, verifiquem a ação da bancada ruralista,  procurem conhecer o trabalho  da comissão do café da CNA
ARLINDO GLÓRIA

SANTARÉM - COMÉRCIO DE CAFÉ (B2B)

EM 06/02/2017



É surpreendente que um país que não produz café,

consiga ser mais competitivo do que os países produtores,

como fornecedor de Café Instantâneo.



Provavelmente usa matéria prima económica, de diversas

procedências mas bens misturadas para o gosto do mercado

Alemão  e daí a sua vantagem.



São conhecidas outras explicações que expliquem o porquê

desta situação surpreendente?




ROBERTO TICOULAT

SÃO PAULO - SÃO PAULO

EM 06/02/2017

Não temos politicas publicas para o setor. Este é só o começo. Perdemos para todos os outros mercados. Só o Brasil não cresce.
PATRICK STEENBUCK

ITAPIRANGA - AMAZONAS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 06/02/2017

Parabens aos russos...aprenseron o que e globalizaçao...da vodka ao cafe....vergonha Brazil...akorda devez e sustenta tua agricultura familiar....baseada no Cooperativismo...