ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

México teve menor colheita de café da história em 2016

O presidente da Associação Nacional da Indústria de Café (Anacafé) do México, Felix Martinez Cabrera, informou que, no ano passado, o país registrou a menor colheita na história, afetando a cidade de Puebla. Isso era esperado em 2013, quando o café encontrou-se em uma situação difícil por conta da praga da ferrugem.

Foto: Alexia Santi/Agência Ophelia
                               Foto: Alexia Santi/ Agência Ophelia

Neste ano, a colheita teve uma melhora de 20% em relação ao que era há dois anos, informou Cabrera ao anunciar a Cumbre Latinoamericana del Café, que será realizada na cidade de Puebla, entre 3 e 5 de agosto.

O presidente ressaltou que a ferrugem atacou cinco estados. No entanto, esclareceu que a praga pode ser controlada e extinta, como aconteceu na Costa Rica.

Neste sentido, o chefe da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Sustentabilidade e Gestão Territorial, Rodrigo Riestra Piña, disse que há ferrugem em 12% das terras onde se cultiva café.

Segundo Piña, o grão é cultivado por 56 mil famílias e em grande parte pelos povos indígenas que vivem nas três serras que a entidade tem. Ele disse que existem 24 empresas produtoras na Sierra Norte, 12 na Sierra Nororiental e 5 na Sierra Negra.

Com isso, ele destacou que Puebla é o terceiro maior produtor de café no México, em 73 milhões de hectares de 56 municípios cultivando o produto.

As informações são do http://www.lajornadadeoriente.com.mx / Tradução Juliana Santin
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.