ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Geada atinge cafezais no Sul de Minas e na Mogiana

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 18/07/2016

1 MIN DE LEITURA

12
1
Por Thais Fernandes

O início dessa semana foi de susto para os cafeicultores de regiões como o Sul de Minas e a Mogiana. “Estamos desesperados. Lavouras a 900 metros de altitude amanheceram desse jeito”, indica o produtor Gustavo Moreira, ao mostrar os registros que fez nesta manhã, após a geada que atingiu lavouras no município de Candeias, no Sul de Minas.

Foto: Gustavo Moreira/ Arquivo Pessoal

 
A empresa especializada Climatempo informa que esta terça-feira (19/7) deverá seguir o clima que vem se confirmando nesta segunda-feira: “Dia de sol, com geada ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde”. Veja previsão completa de Candeias (MG).

Foto: Gustavo Moreira/ Arquivo Pessoal

“Aqui todos os produtores estão com muito café no terreiro e muito ainda na árvore pra colher”, explica Gustavo. “Estamos com medo de perder mais de 30% da lavoura, amanhã ou depois vamos ter a confirmação. As lavouras novas, acho não vão aguentar. As mais velhas tenho certeza que em alguns talhões terei de fazer o decote”, prepara-se o cafeicultor.

Mogiana
O fenômeno ocorreu, ainda, em outras regiões. “Hoje, dia 18 de julho, os termômetros marcaram 0° nas regiões cafeeiras da baixa Mogiana e outras regiões cafeeiras”, informou Fernando Barbosa, diretor-presidente da Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana (Amog).

Foto: Fernando Barbosa/ Amog

O diretor afirma que está acompanhando relatos feitos através de mídias sociais, onde os cafeicultores se reúnem em grupos sobre café e mercado. Segundo os produtores, que fizeram registros em fotos e vídeos de lavouras de café com geada, o problema atingiu o cinturão cafeeiro no Sul de Minas, Cerrado e Estado de São Paulo.

Os municípios citados são: São Pedro da União, Ibiraci, Poços de Caldas, Muzambinho, Nova Resende, São Sebastião da Bela Vista, Ilicinea, Santa Rita do Sapucaí, Ouro Fino, Serra do Salitre, Campos Altos, Cabo Verde, Monte Belo e Andradas, em Minas Gerais; e Cristais Paulista, Franca, Garça, Caconde, Ribeirão Corrente, em São Paulo. 

Confira mais fotos enviadas por Fernando Barbosa:

Foto: Fernando Barbosa/ Amog // Geada no Sul de Minas e Mogiana, julho de 2016



Foto: Fernando Barbosa/ Amog // Geada no Sul de Minas e Mogiana, julho de 2016


Foto: Fernando Barbosa/ Amog // Geada no Sul de Minas e Mogiana, julho de 2016

Foto: Fernando Barbosa/ Amog // Geada no Sul de Minas e Mogiana, julho de 2016

Foto: Fernando Barbosa/ Amog // Geada no Sul de Minas e Mogiana, julho de 2016

12

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

IVO DEFANTI PUPPIM

MIMOSO DO SUL - ESPÍRITO SANTO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 21/07/2016

Alexandre, José Olímpio e Guilherme



O melhor lado é os dos Atravessadores e Torradores.



Sempre lucrando em cima do Produtor.



Tem um camarada que trabalhou comigo, (Alexandre) que ele fala que temos que ser igual aos italianos, cada um vende seu vinho com sua marca e com seu valor agregado, esta tecnologia de cápsula é maravilhosa, pois quem faz o café vai fazer sempre com o mesmo padrão, conservando assim o sabor.



Estamos no Brasil, onde ninguém ajuda o produtor, apesar de ser sempre a gente que tira o Brasil do Buraco, fizemos isso varias vezes e estamos fazendo novamente.



Mas seria muito bom se produtores começarem a fazer isso e os brasileiros comprarem uma maquina de cápsula.



Att

Ivo Defanti PUPPIM


ALEXANDRE CASTRO CAMBRAIA

OLIVEIRA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 21/07/2016

Complementando o comentário do Sr. Guilherme, 9000 cápsulas por saca x 1 real por cápsula, = $9000,00 reais por saca!!! Considerando que a maioria das cápsulas é feita de café rio misturado com connilon( algo em torno de 350 reais a saca)... Calcule quanto os atravessadores e torradores ganham nas costas de nós, tolos e escravos produtores rurais... Quem fica com o dinheiro é a indústria!!!
JOSÉ OLÍMPIO DIAS DE FARIA

SÃO PAULO - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 21/07/2016

Olá Guilherme: Melhor ainda! R$9.000/sc. Eu vi em uma cápsula de um "famoso", 3g/cápsula e assim teríamos R$12.000/sc.equivalente; certo? Agregar valor é imprescindível. O Bom projeto pode ter financiamento do Mercado! Abraços.
GUILHERME LUIZ NAVES ALVES

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 21/07/2016

Jose Olimpio

As capsulas são de 5 gramas, e um kilo de café torrado dão 200 capsulas.

uma saca de café cru, dá 45 Kg de café torrado, sendo então 9000 capsulas por saca.

Um abração

Guilherme
JOSÉ OLÍMPIO DIAS DE FARIA

SÃO PAULO - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 20/07/2016

Meta proposta, agregar valor vendendo o café em cápsulas, a cerca de R$1,00/cápsula(3 g), daria cerca de R$1.200,00/saca equivalente!!!???...Comentem, por favor.
ALEXANDRE CASTRO CAMBRAIA

OLIVEIRA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 20/07/2016

Dizer não desanime é fácil!!! Difícil é passar pelo que muitos produtores estão sofrendo no momento atual... Além dos preços ridículos, sim patéticos, na minha opinião, vc acha bom café de 540 reais em jul 2016? Tenho certeza que muitos de vcs devem se recordar da safra 11/12 onde eu vendi café de 540 reais, comprei trator zero mf 4275 dando um 265 simples de entrada + míseras 120 sacas se café!!! E ainda comprei colhedeira, trincha, tudo com os lucros daquela safra... Depois disso os preços foram caindo 450, 400, até chegarem aos absurdos 350 reais!!! E desde então não mais investimentos... Tudo estagnado... Está certo que os preços recuperaram de novo...450, 500, e agora de novo os 540 reais... É um alento, mas os preços só agora, com geada e tudo mais...recuperaram o valor de 4,5 anos atrás!!!!!!

É uma piada e um tapa na cara de nós produtores!!!! Que dia que vamos acordar e dar um basta ao mercado e aos atravessadores que ficam com todo nosso lucro!!! O preço hoje, pra ser razoável e justo com os produtores deveria ser de no mínimo 800 reais devido aos custos como energia, mão de obra, insumos e maquinários... Que não pararam de subir nesse prazo...e nós com o preço estagnado...o mesmo de cinco anos atrás!!! ACORDEM PRODUTORES!!!! Chega de tomar de 7x1 da Alemanha!!!! Pra mim basta!!! Estou montando minha própria torrefação e se quiser comprar café de mim, de qualidade, só torrado!!! Meu dinheiro vai ficar aqui no Brasil, e beneficiar quem realmente necessita que são os trabalhadores rurais e colaboradores da fazenda...Chega de enriquecer atravessadores e exportadores e viver na miséria!!! Chega de ser terceiro mundo!!! Vamos revolucionar o mercado e o comércio de café em prol do Brasil e de nós produtores!!! Agora só exporto café torrado e industrializado, gerando emprego e renda para o Brasil!!! Ou senão vendo aqui mesmo...vamos ensinar o brasileiro a beber café de qualidade ...100% arábica, ao invés dessas porcarias de cafés rio misturadas com escolha, casca, e coisas muito piores que eu já ouvi e vi usarem como farelo milho, até sangue de boi( pra dar tinta) que as marcas tradicionais colocam no mercado para o brasileiro mal informado beber como se fosse café de verdade...As mudanças já estão acontecendo...as pessoas mais instruídas e mais informadas já estão sabendo apreciar e diferenciar um café de qualidade superior... E os benefícios só tendem a melhorar o retorno do produtor que souber trilhar esse caminho...o da qualidade!!! Deus abençoe nós produtores porque só ele sabe o quanto lutamos!!! Ainda sonho um dia ver o Brasil trilhando um caminho de primeiro mundo, se tornado o maior exportador mundial de café torrado e industrializado, pronto para consumo, gerando riquezas e mantendo os recursos onde devem ser reinvestidos...No nosso próprio país!!!
WILLES SILVA

SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 19/07/2016

Cristais/MG

Meus conterrâneos, isto faz parte da natureza, eu tenho lavoura de cafés e já passei por tudo isto. Portanto, não desanime, e vamos em frente.

Abçs  a todos.
JOSÉ OLÍMPIO DIAS DE FARIA

SÃO PAULO - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 19/07/2016

Sinto muito, mas, vamos recuperar as lavouras afetadas e seguir nossa missão de produzir os melhores cafés . Abraços companheiros.
JOSE PERONI

CÁSSIA - MINAS GERAIS

EM 19/07/2016

Em Cássia, tivemos  novas atingidas, Grande parte das lavouras acima dos 1.000 m.de altitude. Algumas terão que ser replantadas.
FAGNER BERTOLINO

CAMPOS ALTOS - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 19/07/2016

Realmente aqui em Campos Altos os produtores sofreram com a geada!
PAULO ROBERTO DE SOUZA

IBAITI - PARANÁ - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 19/07/2016

Aqui no Paraná, em algumas regiões, a situação não é diferente. Em junho tivemos alguns dias de geadas mais forte que comprometeram as próximas safras de café pois teremos que fazer esqueletamentos ou ainda, podas por decepa. Infelizmente esta é a situação de muitos produtores mas, como disse nosso colega produtor, Sr. Adelber Braga em seu comentário " Levantar a cabeça e seguir em frente..."  
ADELBER VILHENA BRAGA

CAMPESTRE - MINAS GERAIS

EM 19/07/2016

Aqui em Campestre, sul de Minas também tivemos lavouras atingidas. Agora e aguardar pra ver qual o tipo de poda será necessário realizar e rezar para que no ano que vem essas lavouras não sejam atingidas novamente. O negócio e levantar a cabeça e seguir em frente como sempre fizemos em todas as dificuldades pelas quais já passamos.
CaféPoint AgriPoint