FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Cooperativas produtoras de café do Peru exportarão US$ 160 milhões

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 06/11/2014

1 MIN DE LEITURA

0
0
A Junta Nacional de Café do Peru (JNC) informou que entre janeiro e setembro as exportações de café somaram US$ 92 milhões e esperam fechar o ano com US$ 160 milhões.

As organizações cooperativas cafeeiras de diversas regiões exportaram para a Europa, Ásia e Estados Unidos. Participam como empresas exportadoras 60 cooperativas que acumularam um volume de 369,53 sacas de 60 quilos, ou seja, 19,26% das 1,91 milhão de sacas totais declaradas pelas 118 empresas exportadoras de café que vem operando até agora nesse ano.

“Estimamos alcançar um valor de US$ 160 milhões até dezembro e um volume de 590,3 mil sacas, mas com um café reconhecido por sua alta qualidade e certificações de cafés especiais”, disse o presidente da JNC, Anner Román.

O presidente disse que até dezembro estimam superar os 3,14 milhões de sacas, por um valor de US$ 740 milhões, dos quais US$ 1 milhão será de cafés especiais.

“As cooperativas esperam exportar 498,33 mil sacas como cafés especiais, para o que investiram em laboratórios e equipe técnica em colheita. Esse esforço marca a diferença no café peruano”.

Román ainda disse que as organizações cooperativas estão buscando o desenvolvimento cafeeiro no país, promovendo investimentos na melhora constante de qualidade e no acesso aos mercados especiais no mundo, apesar das exclusões contínuas das autoridades governamentais para com a organização cooperativa.

“Sob o princípio da livre adesão, opção pela qualidade, eficiência e transparência na organização, tem se gerado um tecido social e empresarial no campo. Estamos orgulhosos dessa contribuição e estamos certos de que esse movimento crescerá nos próximos anos”.

Anner Román explicou, também, que no corredor cafeeiro do norte, a produtividade por hectare é superior a outras regiões e que várias cooperativas têm rendimentos médios de seus sócios acima de 1000 quilos por hectare, enquanto a nível de país em 2014 será de apenas 490 quilos.

A reportagem é do http://www.americaeconomia.com / Tradução por Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint