ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Colômbia: 234 famílias de cafeicultores recebem atenção integral da FNC

Cerca de 234 famílias produtoras de café serão beneficiadas com o escritório da Federação Nacional de Cafeicultores (FNC), aberto no dia dois de agosto em Mocoa, capital do departamento de Putumayo, na Colômbia.

Foto: Alexia Santi/Agência Ophelia
                                 Foto: Alexia Santi/ Agência Ophelia

O escritório visa proporcionar atendimento integral à todos os setores da cafeicultura. Atualmente, existem seis funcionários (três da FNC e três do Governo) atendendo às famílias, que possuem 248 hectares de café.

A unidade foi criada sob o modelo de intervenção integral desenvolvido pela FNC "Unidos por Mocoa" (financiado com doações dos colaboradores da instituição). Será implementada ações concretas a curto e médio prazo para atender às necessidades de recuperação de infraestrutura produtiva, de habitação e garantia de compra e comercialização de café dos cafeicultores da região.

A cerimônia de abertura do escritório contou com a presença do gerente geral da FNC, Roberto Vélez Vallejo, do presidente da Procafecol, Hernán Méndez, de representantes da FNC do Governo de Putumayo, do prefeito de Mocoa e de cafeicultores.

Vale recordar que em abril passado a cidade de Mocoa foi atingida pelo transbordamento dos rios Mulato e San Goyaco, pelas quebradas Taruca e Taruquita e por uma série de avalanches que causaram a perda de vidas humanas e danos materiais. Durante esta viagem, Vélez aproveitou para visitar algumas famílias afetadas e ter informações em primeira mão do trabalho que será feito durante este tempo.

O modelo de atendimento integral "Unidos por Mocoa", que conta com recursos de investimento de 630 milhões de pesos (US$ 212.761), tem quatro componentes estratégicos:

Institucional: Consolidar a presença da FNC nas áreas afetadas, com o estabelecimento de um escritório e uma equipe de trabalho responsável por liderar as intervenções econômicas e sociais realizadas com recursos públicos e privados, incluindo a melhoria das receitas e da qualidade de vida dos produtores.

Econômico: Contribuir para consolidar as oportunidades de geração de renda através de iniciativas relacionadas com a estrutura de produção, o estabelecimento de um ponto de compra e a edição de um café especial chamado "Café Mocoa", que estará à venda em algumas lojas Juan Valdez.

Este componente também inclui o acompanhamento, a assistência técnica e os trabalhos educativos por parte do Serviço de Extensão.

Social: Gerenciar e executar projetos sociais, priorizando aspectos relacionados com a realocação e reconstrução de habitação e necessidades específicas de educação das famílias produtoras de café.

Prestação de contas: Tornar visível os avanços na execução do projeto através de comunicações internas e externas.

Edição Especial Limitada do "Café Mocoa"

No marco da abertura oficial do escritório, a Procafecol lançou mil unidades de uma edição especial de café que estará em algumas lojas de todo o país. Esta edição foi feita com a compra de café de produtores de Mocoa.

Os cafeicultores receberam um preço prêmio por seu café, reconhecendo sua qualidade e esforço, o que também ajudará a melhorar suas receitas e sua qualidade de vida.

As informações são da FNC / Tradução Juliana Santin




 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.