FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

CeCafé: estimativa de 30,5 milhões de sacas exportadas no ano civil de 2013

Segundo o CeCafé, (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil), as exportações brasileiras de café apresentaram um acréscimo de 1,6% no volume de sacas embarcadas em julho (2.158.640 sacas) em relação ao mesmo mês do ano passado, quando foram exportadas 2.123.889 sacas. Já a receita registrou uma redução de 22,7% na mesma base comparativa, fechando em US$ 339,543 milhões.

Apesar disso, o diretor-geral da entidade, Guilherme Braga, “espera uma recuperação no ritmo das exportações entre os meses de agosto e dezembro, o que deve levar a um encerramento do ano civil de 2013 com um volume de café exportado em torno de 30,5 milhões de sacas, o que representa um aumento de aproximadamente 7% em relação a 2012.”

Considerando a qualidade do café, o levantamento mostra que de janeiro a julho a variedade arábica respondeu por 84,8% das vendas do país, o solúvel por 10,8%, o robusta, por 4,3%, e o torrado & moído por 0,1% das exportações. Os cafés diferenciados (arábica e conillon) tiveram participação de 15,7% nas exportações em termos de volume e de 19,2% na receita cambial durante esses meses.

O relatório aponta ainda que, nesses sete meses o principal mercado importador foi a Europa, responsável pela importação de 53% do total embarcado do produto brasileiro, enquanto a América do Norte respondeu pela compra de 22% do total de sacas exportadas, a Ásia por 18% e a América do Sul, por 3%.

As exportações brasileiras para os chamados Países 'Importadores Tradicionais' tiveram um aumento de 15,7% nesse mesmo período. Os Países Importadores Emergentes também registraram crescimento, de 25,2% nas exportações, considerando a mesma base comparativa. Os embarques do produto para os Países Produtores apresentaram uma queda de 22,3% em relação ao período anterior, passando de 558.970 sacas para 434.061 sacas.

Segundo o Balanço das Exportações, os Estados Unidos lidera a lista de países importadores de janeiro a julho de 2013, com 3.436.764 sacas adquiridas (20% do total exportado), seguido pela Alemanha, com 2.966.967 sacas (17% do total). A participação do Japão manteve a terceira colocação, importando 1.518.625 sacas do produto brasileiro (9%). Em quarto lugar continua a Itália, com 1.433.627 sacas (9% do total). A Bélgica ocupa a quinta posição com 1.071.436 sacas (6% do total).

As informações são do Cecafé, resumidas pelo CaféPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.