FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Boletim Carvalhaes: Cotações do café subiram R$ 54 por saca durante a semana

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 08/11/2019

0
1

Boletim semanal Escritório Carvalhaes - ano 86- n° 45
Se quiser consultar boletins anteriores, clique aqui e confira o histórico no site*
Santos, sexta-feira, 08 de novembro de 2019

O mercado de café apresentou-se firme e comprador esta semana. Os contratos de café na ICE Futures US, em Nova Iorque, trabalharam em alta e os com vencimento em dezembro próximo acumularam 545 pontos positivos no período.

Os problemas climáticos nas regiões produtoras de café no Brasil, que já afetam a próxima safra 2020/2021, e a projeção anunciada pela Organização Internacional do Café (OIC), de que haverá um déficit de 500 mil sacas na safra mundial 2019/20, contribuíram para a subida dos preços em Nova Iorque.

A partir da última quarta-feira, a cotação do dólar frente ao real apresentou altas significativas. Dois importantes leilões do pré-sal, promovidos pelo governo federal, um na quarta e outro na quinta-feira, mostraram resultados bons, mas abaixo das projeções iniciais, frustrando as expectativas do mercado. Além disso, ontem o Supremo Tribunal Federal (STF) alterou sua jurisprudência e considerou ilegal a antecipação do cumprimento de pena de prisão após condenação em 2ª instância, aumentando a insegurança dos investidores e a pressão sobre o câmbio.

Com bolsas e dólar apresentando altas significativas, o mercado físico brasileiro esteve firme e comprador por toda a semana. As cotações do café para dezembro próximo na ICE Futures US subiram R$ 54 por saca do fechamento de sexta-feira passada até o fechamento de hoje. No físico brasileiro, dependendo do preparo e tamanho, os preços dos melhores lotes de arábica evoluíram entre 40 e 50 reais por saca ao longo da semana. Para os lotes de qualidade mediana a fraca a alta foi menor. O volume de negócios fechados cresceu, principalmente para os lotes destinados à exportação, mas muitos produtores, preocupados com o clima irregular, continuaram fora do mercado.

A OIC informou um novo recorde nas exportações de café na safra 2018/2019. Segundo a organização, o total das vendas atingiu a marca de 129,43 milhões de sacas, um aumento de 8,1% em relação ao mesmo período de 2017/2018.

Até dia 4, os embarques de outubro estavam em 2.272.895 sacas de café arábica, 185.128 sacas de café conilon, mais 215.979 sacas de café solúvel, totalizando 2.674.002 sacas embarcadas, contra 3.206.017 sacas no mesmo dia de setembro. Até o mesmo dia 4, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em outubro totalizavam 3.708.498 sacas, contra 3.503.640 sacas no mesmo dia do mês anterior.

Até dia 7, os embarques de novembro estavam em 164.721 sacas de café arábica, 320 sacas de café conilon, mais 4.794 sacas de café solúvel, totalizando 169.835 sacas embarcadas, contra 78.031 sacas no mesmo dia de outubro. Até o mesmo dia 7, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em outubro totalizavam 715.300 sacas, contra 660.534 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque (ICE) do fechamento do dia 1, sexta-feira, até o fechamento de hoje, dia 8, subiu, nos contratos para entrega em dezembro próximo, 545 pontos ou US$ 7,21 (R$ 30,05) por saca. Em reais, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam, no dia 1, a R$ 549,46 por saca, e hoje, dia 8, a R$ 603,44. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 35 pontos. No mercado firme de hoje, são as seguintes cotações nominais por saca, para os cafés verdes, do tipo 6 para melhor, safra 2019/2020, condição porta de armazém:

R$540/560,00 - CEREJA DESCASCADO – (CD), BEM PREPARADO.
R$490/510,00 - FINOS A EXTRA FINOS – MOGIANA E MINAS.
R$460/480,00 - BOA QUALIDADE – DUROS, BEM PREPARADOS.
R$410/430,00 - DUROS COM XÍCARAS MAIS FRACAS.
R$380/400,00 - RIADOS.
R$340/360,00 - RIO.
R$380/400,00 - P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: DURA.
R$360/380,00 - P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: RIADAS.

DÓLAR COMERCIAL DE SEXTA-FEIRA: R$ 4,1680 PARA COMPRA.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.