ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Correção do solo e adubação do cafezal: confira a entrevista com André Guarçoni

AGRIPOINT

EM 08/02/2012

3 MIN DE LEITURA

0
0
Para que um cafezal se mantenha sadio, é necessário que o cafeicultor fique atento a muitos fatores que podem afetar a produção como, por exemplo, a nutrição, o clima e o controle de pragas e doenças. Tendo conhecimento dos elementos que a planta necessita e empregando todas as ferramentas disponíveis para diagnosticar a situação do cafeeiro, é possível que ele renda mais e aumente efetivamente sua lucratividade.

Para falar sobre esse assunto, André Guarçoni Martins, engenheiro agrônomo, D.Sc., pesquisador em manejo de culturas no INCAPER, ES e instrutor do curso online correção do solo e adubação do cafezal, concedeu uma entrevista ao CafePoint. Confira:

1. Quais os principais erros cometidos na correção do solo e na adubação do Cafezal?

André: O principal erro é não definir as quantidades de corretivos e fertilizantes de acordo com os resultados das análises de solo. Não existe correção do solo e adubação das plantas sem análise de solo. Outro erro bastante comum é a interpretação equivocada da análise de solo, seja em relação ao método de análise, seja em relação às próprias Tabelas utilizadas. No curso iremos mostrar, detalhadamente, como não cometer esses erros.

2. Qual é a maior vantagem que o profissional tem em fazer este curso online de Correção do solo e adubação do cafezal?

André:
A principal vantagem está na facilidade em acessar as tecnologias de correção e adubação, do local em que o participante julgar mais conveniente, sem os horários rígidos de um curso presencial. Nesse sentido, o formato online proporciona a participação de profissionais e cafeicultores das mais diversas regiões, o que enriquece a troca de experiências sobre o assunto. Além disso, a grande interatividade do curso permite que o participante tire qualquer dúvida que surja, aproveitando e fixando ao máximo os conhecimentos transferidos. Na verdade, o curso online da Agripoint é um marco: nunca as tecnologias de correção do solo e adubação do cafeeiro puderam alcançar tantos profissionais e cafeicultores quanto agora. Fico muito satisfeito por fazer parte deste processo.

3. Qual é o tema, dentro do curso, que os alunos mais gostam e mais perguntam? Em qual dos módulos do curso este tema geralmente entra?

André:
Os alunos se interessam muito pelo tema “Diagnóstico das necessidades de correção e adubação”. Isto é até natural, pois o diagnóstico correto define o processo de tomada de decisão. Outro tema que desperta grande interesse, talvez na mesma magnitude, é a “Escolha do fertilizante de acordo com o preço”, no qual é considerado o preço do nutriente nos fertilizantes, não apenas preço da saca. O primeiro tema se encontra no Módulo 2 e o segundo no módulo 5. Contudo, a maioria dos temas é de grande interesse e de suma importância para aumentar a lucratividade do cafeicultor.

4. O que os alunos podem esperar do curso "Correção do solo e adubação do cafezal "?

André:
Os alunos podem esperar a abordagem de tecnologias solidamente definidas e comprovadas pelo método científico, que proporcionam, indubitavelmente, o alcance do objetivo: aumentar a lucratividade. Não serão recomendadas “tecnologias mirabolantes” nem “produtos milagrosos”, entretanto, a discussão sobre os mesmos pode ser realizada no fórum de perguntas ou nas salas de bate-papo, de forma que sejam tratados todos os temas de interesse, mesmo que estes não façam parte do programa original.

5. Você acredita que o ensino a distância pode complementar o treinamento do profissional que já está no mercado de trabalho?

André:
Certamente. Não há mais dúvidas quanto a isso. O conhecimento vem de um processo cumulativo, especialmente no momento atual, quando a velocidade de geração de informações é enorme. Não é apenas para se aprimorar, é para estar à frente dos demais profissionais. Isso é possível, desde que alguns itens sejam sempre considerados: seriedade e competência de quem oferece o curso e compromisso e esforço de quem participa.

O Curso Online Correção do solo e adubação para aumentar a lucratividade do cafezal terá início no dia 13/02 e já está com inscrições abertas. Para aprender mais sobre este assunto, clique aqui e se inscreva!

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint