ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

CAFÉ/CEPEA: Falta de chuva pode reduzir volume da safra 14/15 de arábica

MERCADO FÍSICO E MERCADO FUTURO

EM 30/01/2014

MENOS DE 1 MIN DE LEITURA

8
0
O clima quente e seco das últimas semanas pode comprometer o rendimento da safra 2014/15 de café arábica no Brasil, de acordo com informações do Cepea. Nessa época, as plantas estão em fase de granação e necessitam de um bom volume de chuvas generalizadas para o desenvolvimento dos grãos.

Em algumas praças de Minas Gerais e de São Paulo, principalmente, o calor e a falta de precipitações já têm deixado cafeicultores em alerta. Por outro lado, as regiões produtoras de robusta não têm sofrido tanto com as adversidades e a temporada deve ter bom volume.

Com relação ao mercado brasileiro de arábica, entre 21 e 28 de janeiro, as negociações seguiram lentas no físico e os preços recuaram, pressionados pela queda nas cotações externas.

Na terça-feira, 28, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, fechou a R$ 284,06/saca de 60 kg, queda de 0,6% em relação à terça anterior.

Quanto ao robusta, os preços da variedade também recuaram em sete dias. O Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 226,89/saca de 60 kg na terça-feira, queda de 0,83% em relação à terça-feira anterior, 21.

As informações são do CEPEA, adaptadas pelo CafePoint.

8

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

LUIZ CARLOS LIMA SILVA

BREJÕES - BAHIA - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 14/03/2014

Nós agricultores estamos atoa. Não temos incentivo nenhum por parte do governo,os poucos que resiste na atividade é tomando dinheiro na mão de agiotas para conseguir colher o café . Aqui para se conseguir algum recuso é se cadastrar no bolsa família e cruzar os braços porque do contrario,vc fica dando murro em ponta de faca.Hoje a visão do governo,  no campo é o agronegócio  e os cadastrado no bolsa família.O pequeno agricultor pra ele não existe.
ANTONIO JOSE PEREZ GARCIA

ARAÇATUBA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 03/02/2014

Já está decidido quando terminar a colheita deste ano 2014 o Sitio Agua Limpa vai contribuir para a cafeicultura do Brasil,  com tristeza erradicando todo cafezal.
SAMUEL HENRIQUE FORNARI

SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SÃO PAULO - DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS (CARNES, LÁCTEOS, CAFÉ)

EM 03/02/2014

Que seca é essa? Calor infernal. Nunca vi nada parecido. O pior é que o prognóstico de chuvas não é nada bom. Somar: : Até pelo menos 17 de fevereiro, não há expectativa de retorno de chuvas mais intensas às áreas produtoras.
AMAURI REZENDE PACHECO

BOA ESPERANÇA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 02/02/2014

É fato! temos perdas da safra 2014-15 e perdas relevantes para 2015-16, pois dois meses da fase de desenvolvimento de galhos para produção futura, não desenvolveu 50% do que teria que ter desenvolvido para esta época do ano. Sinceramente, não sei como nós cafeicultores iremos fazer, com baixo preço, baixa produção e endividamento alto. Só nos resta rezar!!!! E ter fé!!!
CARLOS ALBERTO DE CARVALHO COSTA

MUQUI - ESPÍRITO SANTO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 31/01/2014

Quanto ao café robusta, realmente no norte do estado do Espírito Santo apesar das altas temperaturas a chuva tem vindo em pequenas quantidades mas regularmente, mas em compensação no sul do estado neste ano só choveu um dia (18/01/20104) e olha que a temperatura está beirando os 40 graus, logo na época do enchimento dos grãos.
EDNALDO BARTOLOMEU DA SILVA

MONTE BELO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 31/01/2014

É um cenário totalmente deseperador para o cafeicultor  de arábica, falta chuva, falta preço, falta boa vontade de nosso governo. Enquanto isso somos escravos de uma cultura esquecida em seu berço. Que triste né?
PAULO ROBERTO PINTO DE AZEVEDO

SALVADOR - BAHIA

EM 31/01/2014

Seguramente estamos a comer o pão que o diabo amassou, enquanto isto o governo promove o desenvolvimento de cuba. Cada povo tem o governo que merece.  
DALMY CASSIO MIGUEL

CAMPO BELO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 30/01/2014

É desesperador andar pelas lavouras de café principalmente no período da tarde, o calor é escaldante, não há planta que resista. Em algumas regiões, já faz um mês que não chove nada. Cercóspora e bicho mineiro estão atacando as plantas e frutos dos cafeeiros. As perdas para essa safra e a de 2015 já é fato consumado.
CaféPoint AgriPoint