ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Comércio Justo e Solidário

POR ULISSES FERREIRA DE OLIVEIRA

ULISSES FERREIRA

EM 01/12/2015

2 MIN DE LEITURA

0
0
Este artigo vem depois de uma pequena pausa, período esse que confesso tive que refletir muito sobre os desafios do comércio justo no Brasil. Digo isso porque os desafios são gigantescos, do tamanho do nosso país e de nossos problemas estruturais, mas também, e esse é o ponto chave que quero transmitir, a pausa se deu porque existe muita coisa acontecendo e simultaneamente, o que faz com que um colunista com o mínimo de responsabilidade pare e procure entender melhor antes de sair dizendo inverdades.

Pois bem, fato é que o comércio justo para o consumidor brasileiro caminha sua silenciosa marcha, muitas vezes parece até estar adormecido, mas aos poucos essa marcha vai ganhando força. Tenho convicção que em breve essa marcha vai ser capaz de transformar relações comerciais injustas em cada canto desse país.

O Rio de Janeiro está em plena campanha para conquistar a adesão de empresários cariocas, atentem para a notícia, a Cidade Sede da próxima Olimpíadas é uma cidade de Comércio Justo, uma FairTrade Town. Melhor dizendo uma Cidade de Comércio Justo e Solidário.

Para quem achava que o FairTrade no Brasil seria uma cópia do FairTrade Americano ou Europeu, gostaria de destacar essa palavra SOLIDÁRIO. Isso mesmo, o FairTrade no Brasil ganhou uma roupagem tupiniquim e a mensagem principal é que, sim vamos aproveitar ao máximo tudo aquilo que é positivo da certificação mundialmente reconhecida que é o FairTrade, mas vamos além. Através da criação de condições para que mais pessoas sejam beneficiadas com a certificação de empreendimentos solidários, a abertura de mercados para produtos tipicamente brasileiros e o fortalecimento do associativismo e cooperativismo no campo, nas cidades, nas periferias. Onde houver um grupo marginalizado que esteja sendo explorado por atravessadores o comércio justo é uma opção de transformação.

Vale destacar nesse cenário o trabalho que está sendo desenvolvido no Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, através da Secretaria Nacional de Economia Solidária que recentemente lançou o Selo Nacional de Economia Solidária e também organiza o Cadsol - um cadastro de organizações ligadas ao Comércio Justo e Solidário.

Bom, mas e o café? Prezados produtores, lideranças da cafeicultura familiar, precisamos estar muito envolvidos com esse movimento, vocês já se cadastraram no Cadsol? Se não, clique aqui.

O Governo vai disponibilizar recursos, capacitações, treinamentos e apoio às cooperativas e associações cadastradas nesse sistema, além disso, o mercado para produtos da agricultura familiar tende a ser ainda mais ampliado graças a movimentos da economia solidária como a do Rio de Janeiro.

A essência FairTrade e Economia Solidária podem caminhar juntas, e no Brasil essa possibilidade está estampada no movimento da capital carioca, e o melhor cria oportunidades para que produtores que estejam organizados em associações e cooperativas tenham a possibilidade de, juntos e fortalecidos, comercializarem seus produtos diretamente à redes de restaurante, supermercados, etc.

É uma oportunidade, mas também um desafio, que apesar de no primeiro momento saltar aos olhos, ao analisar mais de perto vemos que a maioria das organizações de cafeicultores familiares não estão preparadas para enfrentar. Vamos discutir um pouco sobre capacidade de comercialização do produto industrializado no Brasil no próximo artigo, mas fica o alerta:

“Estão criando a demanda, estamos preparados para atendê-la? Ou vamos deixar que grandes multinacionais se apropriem do movimento de comércio justo no Brasil e atendam uma demanda que a princípio deveria ser suprida pela sua cooperativa?” 

ULISSES FERREIRA DE OLIVEIRA

Administrador, especialista em cafeicultura sustentável, Diretor do Departamento de Desenvolvimento e Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Botelhos e consultor de associações e certificações agrícolas.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint