ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

A reconstrução de um sabor

POR ARTHUR FIOROTT

ESPAÇO ABERTO

EM 26/05/2014

5
0
Ao receber o convite dessa nova iniciativa, tendo o CaféPoint como meio e a Café Editora como formadora de conteúdo, é percebível que o café conilon atinge novos patamares, começa a ser tratado de uma maneira diferente pelos atores do agronegócio café no Brasil, e até fora dele.

Primeiramente, parabéns aos que fizeram parte dessa iniciativa, todos os responsáveis das duas equipes. Em seguida, é importante ressaltar o papel que os envolvidos na cadeia do café conilon desempenharam, pois conquistaram seu espaço com trabalho e persistência.

Por ora massacrado, tido como inferior. Aos que não o conhecem, o café conilon tem historia, curta, mas uma história com pessoas que transformou o Estado do Espírito Santo, com dignidade e trabalho, e exportaram seu modo de produzir para outros estados, como Rondônia e Bahia.

Foto: Guilherme Gomes/ Café Editora
Foto: Guilherme Gomes/ Café Editora

A mudança de cultura acontece pouco a pouco. A introdução de novos conceitos se dá pela insistência de conseguir espaços onde anteriormente não o tinha.

Na mídia, inicia-se uma fase onde há espaço para aqueles que desejam saber informação correta sobre esse produto. Nos blends, o café conilon já representa mais de 50% do café consumido pelo brasileiros e nos blends de cafés especiais já representa 5% desse mercado.

Inúmeras oportunidades aparecem para essa espécie de café nas diferentes forma de preparo. Antes, apenas italianos e outros europeus que apreciavam esse café, hoje, disponível nos mais diferentes continentes mundo afora.

Contudo, nem tudo são flores ou grãos cereja da melhor qualidade. Os desafios para essa cultura são enormes. Há problemas com mão de obra qualificada, envelhecimento dos cafeicultores envolvidos no processo, mecanização, uso da água e qualidade de produto.

A partir de hoje, teremos esse canal de comunicação para debatermos profundamente sobre essa espécie de café pouco conhecida por nós, brasileiros, e por muitos apreciadores de café mundo afora. Espero que gostem dos artigos e passem a apreciar um café conilon de qualidade.

5

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

WAGNER PAIXÃO

SÃO PAULO

EM 25/10/2014

Trabalho com exportação de diversas commodities e sempre vi o café robusta simplesmente como matéria prima para o solúvel (e nossos clientes também entendem desta forma). Neste caso, pergunto: será que o caminho para uma mudança de percepção, para reconhecimento do conilon como de qualidade está no aumento dos blends com arábica, ou ao contrário, existem conilons que são tão bons quanto alguns cafés arabica ? Agradeço seus comentários.
CARLOS RENATO ALVARENGA THEODORO

MUQUI - ESPÍRITO SANTO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 02/06/2014

Sou Presidente de uma Cooperativa do Sul do Estado do Espírito Santo, a Cafesul. Realizamos há três anos o nosso Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café Conilon, vamos para o quarto concurso. No ano de 2013 começamos a colher alguns frutos deste trabalho. Levamos umas amostra de um café conilon premiado nosso a uma Feira Internacional de Café em Belo Horizonte. Ele foi degustado junto com outras 06 amostras de arábica, ficando com a quarta melhor nota, 82 pontos, isto numa prova cega com degustadores internacionais. Isto prova que podemos fazer um café conilon de qualidade e que precisamos entender que o conilon é uma outra variedade de café, com suas características e sabores específicos, que encontrará consumidores interessados nele.
ANTONIO GANDRA

EM 02/06/2014

Boa tarde



O meu nome e Antônio Gandra, CEO de uma empresa de Torrefacção sediada no Porto Portugal.

Empresa com mais de 40 anos de actividade e desde 2008 muito focada nos cafés em capsulas.

Nossa empresa compra muito cafe Robusta com procedência de África e extremo Oriente, para fazer blends, procuro contatos com produtores e/ou comerciantes de café Conilon.

Podem por favor me ajudar a encontrar fornecedor desta novas espécies de Conilon.



Meu contato:

Antônio.gandra@bicafe.pt -

Tel (351) 963051145 ou números gerais da Bicafe.

Obrigada
CAFEQUENTINHO

JI-PARANÁ - RONDÔNIA - INDÚSTRIA DE CAFÉ

EM 29/05/2014

e dia 30/05/14. uma audiência pública pode criar embaraços  e situações desagradáveis, pois sou provador de café com mais de 40 anos de experiência no ramo, e não vejo como um órgão determinar com certeza a porcentagem de conilon inserido no arábica depois de moído e blendado. a audiência pública de minas no meu entender é nada mais ,ou nada menos uma ameaça ao conilon por quem se sente ameaçado pelo conilon.

conilon não mistura; conilon é blend que mutas e muitas vezes melhora a bebida final
ADRIANO MAURICIO GONCALVES DA SILVA

JAGUARÉ - ESPÍRITO SANTO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 27/05/2014

É com muita alegria que leio essa matéria sobre o cafe conilon do brasil, pois faco parte da cadeia produtiva exercendo o papel de consultor técnico autônomo!  Ha 13 anos conheci essa cultura ao chegar no Espírito Santo com o intuito de desenvolver o mercado de insumos pela na época movartis, pude observar essa grande discriminação que o nosso conilon sofria e ainda sofre até os dias atuais. Porem nunca desistimos de lutar em prol do cafe capixaba ... vimos a lavoura ultrapassar indices de produtvidades de cem sacas beneficiadas por hectare e enfim agora podemos tambem falar em qualidade de bebida, ja produzimos cafes de alta qualidade sem perder nada para o arábica (com todo respeito). E assim começamos a vislumbras novos horizontes pois a xada dia um produtor convencionalse entrega para a pprodução de cafés especiais

Assim quero parabenizar a todos companheiros que juntos estamos costruindo essa historia centenaria do cafe conilon do Brasil! Trabalha e confia!