FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Síntese agropecuária BM&F 30/11/2006

CELSO VEGRO

EM 04/12/2006

0
0
Com preços elevados, o mercado cafeeiro segue calmo.

Os preços praticados afastam vendedores que esperam preços melhores para comercializar os grãos.

O mercado de café continua à espera de definições para a safra 2007/2008. Os preços, de acordo com o mercado, seguem sustentados com a expectativa de safra reduzida e de baixa qualidade dos grãos devido à bienalidade da cultura e pela florada irregular prejudicada pela deficiência hídrica nas áreas cafeeiras.

Em setembro, os estoques mundiais de café verde foram de 21,2 milhões de sacas, atingindo o maior volume estocado neste ano. Em comparação com o mesmo período de 2005 (23.704 mil sacas), houve queda de 10,1%, segundo a Organização Internacional do Café (OIC). Considerado baixo para o mês de setembro, o volume atual justifica-se pela colheita tardia da safra brasileira.

As exportações de café no mês de outubro ficaram em 2,41 milhões de sacas, contra 2,31 milhões do mês anterior, acréscimo de 4,3%. Em relação a outubro de 2005, houve incremento de 10,6% (2,18 milhões de sacas). Quanto à receita cambial, o volume exportado foi de US$301 milhões, 20,2% a mais quando comparado com o mesmo período do ano anterior (US$250 milhões), conforme o Conselho dos Exportadores de Café (Cecafe). Apesar do dólar desvalorizado, as cotações internacionais estão em patamares historicamente altos.

O mercado físico está calmo com a ausência de vendedores, que aguardam por preços melhores. A cotação média da saca de café arábica - bica corrida, tipo 6, na região do Cerrado Mineiro - acumula alta no mês de 12,3% até 22 de novembro, cotado a R$273,33/saca, segundo o Centro de Estudos de Economia Aplicada (Cepea).

As cotações dos contratos futuros na BM&F (gráfico 1) fecharam, no dia 22 de novembro, em US$138,60/saca para de dezembro/06; US$144,80/saca para março/07, US$147,60/saca para maio/07; US$152,60/saca para setembro/07; e US$156,40/saca para o vencimento dezembro/07.


Fonte: BM&F.

Gráfico 1 - Evolução dos preços futuros de café arábica.

Na Nybot, as cotações por libra-peso ficaram em US$¢115,55 para dezembro/06; US$¢120,15 para março/07; US$¢122,95 para maio/07; US$¢125,55 para julho/07; US$¢127,95 para setembro/07; e US$¢130,75 para o vencimento dezembro/07.

O retorno diário dos preços do futuro de café arábica para vencimento dezembro/06 na BM&F, situou-se entre o máximo de 3%, em 8 de novembro, e o mínimo de -2,6%, em 10 de novembro, como ilustrado no gráfico 2. Esse período caracterizou-se por moderada volatilidade, com postura conservadora dos participantes do mercado à espera de definições da próxima safra.


Fonte: BM&F.

Gráfico 2 - Retorno diário do contrato futuro de café arábica (vencimento dezembro/06).

O diferencial de preços entre BM&F e Nybot, de acordo com o gráfico 3, demonstrou diminuição, pois encerrou em US$¢10,77/libra-peso, ante US$¢11,75/libra-peso no mesmo período do mês anterior. Esse resultado significa elevação maior dos preços internos em relação às cotações do café na bolsa internacional, mesmo com o câmbio estabilizado.


Fonte: BM&F.

Gráfico 3 - Diferencial de preços entre BM&F e Nybot (2004-2006).

Na BM&F, foram negociados 40.920 contratos de futuro de café arábica em outubro de 2006, 13,7% superior ao mês de setembro (35.988). Durante o mês de novembro, até dia 22, foram 46.735 contratos, 118,57% a mais se comparado com o mesmo período de outubro, até dia 22 (21.382). A presença de investidores não-residentes na posição comprada apresentava participação de 25,1%, próxima à posição vendida, com 27,9%.

O volume classificado no Departamento de Classificação da BM&F era de 527.800 sacas de café, representando incremento de 30%, em relação a outubro.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.