Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Mercado

Brasil exporta mais café verde para países árabes

postado em 10/10/2006

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) apontam que as exportações brasileiras de café verde para os principais mercados do mundo árabe aumentaram em setembro. Foram embarcadas 87 mil sacas de 60 quilos ante 77,6 mil em agosto, sendo que as receitas obtidas passaram de US$ 7,5 milhões para US$ 9,4 milhões.

De acordo com o Cecafé, o congestionamento e atrasos de navios no porto de Santos e a falta de contêineres nos portos de Vitória, no Espírito Santo, e do Rio de Janeiro, que afetaram as exportações para mercados tradicionais, como Europa e Estados Unidos, não influíram, no entanto, nos embarques destinados ao Oriente Médio e Norte da África.

Ao mesmo tempo, Guilherme Braga, diretor-geral do Cecafé, acredita que a formação de estoques que tradicionalmente ocorre antes do Ramadã, período sagrado para os muçulmanos, influenciou positivamente as vendas para a região. O Ramadã começou no final de setembro e vai até o final deste mês.

"Enquanto que para outros mercados os embarques são sempre constantes, para o mundo árabe existem épocas em que os volumes comercializados são maiores", afirmou Braga.

Segundo Alexandre Rocha, da Anba (Agência de Notícia Brasil-Árabe), as exportações para os árabes cresceram também quando comparadas com as vendas de setembro do ano passado, quando foram embarcadas 71,6 mil sacas a US$ 6 milhões. Os principais destinos na região são Líbano e Síria, seguidos de Tunísia, Argélia, Jordânia, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Egito.

No acumulado do ano, no entanto, ocorreu uma redução nos embarques para os árabes. Foram 637 mil sacas entre janeiro e setembro de 2005, contra 540 mil no mesmo período deste ano. As receitas com as vendas para a região passaram de US$ 53,7 milhões para US$ 51,3 milhões. As vendas totais de café brasileiro, no período, somaram US$ 2,2 bilhões.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2014 AgriPoint Consultoria Ltda. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade