Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia do Café > Entrevistas

Rodrigo Branco Peres, do Café do Centro: o que faz diferença em um negócio é a estrutura comercial

postado em 02/08/2010

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Rodrigo Branco Peres é administrador e diretor administrativo do Café do Centro. Juntamente com seu irmão Rafael Branco Peres, são responsáveis por reerguer uma empresa que passava por um momento de crise e hoje é muito bem posicionada no mercado interno e externo.



Natália Fernandes conversou com Rodrigo por telefone, para que ele contasse alguns detalhes do sucesso de seu negócio e as estratégias usadas para crescer e se manterem bem posicionados no mercado. Confira!










Clique aqui e faça o download da entrevista.

"O Café do Centro é uma torrefação de cafés gourmets e cafés especiais. Estamos no mercado há aproximadamente 15 anos, atendendo a área de food service, o segmento de hotéis, restaurantes, cafeterias no mercado interno, no Brasil inteiro."

"O Grupo Branco Peres, que faz parte do Café do Centro é um grande exportador de café verde. A origem da nossa empresa é compra e venda de café verde. Em 2006 o Café do Centro iniciou uma operação de cafeterias em Tóquio. Hoje estamos com 8 unidades, não só vendendo nossos cafés mas produtos brasileiros."



"Aqui no Brasil o nosso principal ativo são as cafeterias, são os clientes, então não vamos concorrer com nossos clientes. Não temos pretensão de abrir cafeterias no Brasil."

"O negócio no Japão surgiu inicialmente por uma procura de investidores japoneses, com projeto de levar uma marca brasileira pra o país. Como tinhamos objetivo de exportar para outros países, depois de muito estudo, projetos, investimento e de 6 anos, conseguimos abrir nossa primeira loja lá."



Para obter sucesso no mercado externo...

"Acho que primeiro tem que ter muita paciência e estar muito aberto para entender como funciona outros mercados. Aprendemos que para dar um passo, precisamos de muito tempo, muito planejamento, muita tranquilidade, para então entender o mercado e fazer as coisas no seu tempo."

"É muito legal fazer, mas também é fácil você errar."

Função de cafeteria instalada na Casa Santa Luzia:

"A Casa Santa Luzia é pioneira na divulgação de cafés gourmets e café especiais. Eles fazem uma seleção muito boa dos produtos que estão nas gôndolas. Esse pioneirismo de fazer a degustações dos cafes gourmets iniciou-se aproximadamente há uns 5 - 6 anos."

"É muito importante fazer esse trabalho educacional do consumidor, para que ele possa provar um café gourmet. Você não consegue converter um consumidor de café tradicional, para ele começar a tomar café gourmet, se ele não degustar o produto, não sentir todas as propriedades do café."

"A cada ano que passa, nos surpreendemos muito com as vendas na Casa Santa Luzia. Somos uma das marcas mais vendidas lá."

"Percebemos que a cada ano que passa o número de clientes que compram é maior. Depois da degustação existe um aumento de vendas, mas ano a ano as vendas aumentam bastante. Na verdade não é que aquele consumidor está comprando mais é que mais consumidores estão comprando cafés. Isso é muito bom para o mercado todo."

"Temos uma linha, talvez uma das mais amplas. Temos uma linha de cafés especias de origem, outra para máquinas de café espresso, cafés em sachê (gourmet, descafeinado e orgânico), café torrado e moído e mais. Conseguimos dar para o consumidor muitas opções de cafés gourmets. Isso é um diferencial."



"Na compra de café, procuramos buscar bons fornecedores que consigam manter regularidade com padrões do nosso café."

A disponibilidade de cafés de qualidade melhorou muito nos últimos anos: investimento em tecnologia, tecnologia de rastreabilidade de processo..."

Dicas:

"Temos que nos preocupar com tudo, desde o detalhe da embalagem que você vai colocar, o tipo de café que vai compor seu blend, a preocupação em produzir sempre a mesma coisa, a mesma qualidade...Você tem que ter um controle do padrão da sua produção muito bem feito."

"Para isso você tem que estar sempre provando xícara, tendo uma equipe de classificadores bem afinada. Mas fundamentalmente, o que faz diferença na nossa visão é o ponto de venda, o cliente."

"Para atender uma demanda o café é ponto básico, ou seja, você tem que ter qualidade, mas o serviço é, muitas vezes, mais caro que o próprio café."

"Acontece de você ver alguns produtores e empresas começando um trabalho muito bonito, com café espetacular, mas não seguindo adiante porque faltou a estrutura comercial, a pontualidade de entrega, gente passando nos clientes direto... Precisa ter uma força comercial muito grande."

Avalie esse conteúdo: (3 estrelas)

Comentários

akira pedro sumi

taboão da serra - São Paulo - Barista
postado em 03/08/2010

Prezado Sr.Rodrigo,

Nos conhecemos rapidamente na Expovending do ano passado, sou Akira Pedro Sumi trabalho atualmente numa das empresas do Grupo Café Iguaçu onde me oposento no final do ano.

Meus parabéns por todo empreendimento em pról do Café Gourmet e principalmente para divulgar melhor forma da apreciar as qualidades dos cafés, principalmente na Santa Luzia onde é forma mais acertada para introduzir a cultura do café de qualidade e também pelo sucesso do Café do Centro no Japão, um dos mercados mais sofisticados em termos da exigência na qualidade do café.

Desejo todo sucesso em todos os empreendimentos de sua renomada empresa.

Atenciosamente,

Akira Pedro Sumi

Rodrigo Branco Peres

São Paulo - São Paulo - Torrefação de café
postado em 03/08/2010

Prezado Sr. Akira Pedro Sumi,
Esperamos que o consumidor continue buscando produtos diferenciados para que o nosso mercado cresça ainda mais. Também desejo muito sucesso ao Sr e à Cia Iguaçú. Muito obrigado pelas palavras.
Grande abraço,
Rodrigo B Peres

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário

Copyright © 2000 - 2014 AgriPoint Consultoria Ltda. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade